Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

"Meio mundo procura avião desaparecido"

Militares da FAB partem de Campo Grande (MS) para as bucas do airbus da Air France.

(Keystone)

A imprensa suíça e européia destaca o suposto desaparecimento do avião da Air France e comenta as especulações sobre as possíveis causas da tragédia.

A bordo do voo AF 447 Rio-Paris encontravam-se 228 pessoas de 32 nacionalidades, entre elas também seis cidadãos suíços. Vários países participam das buscas em alto-mar entre o Brasil e Senegal.

O noticiário dos sites europeus na manhã desta terça-feira reflete as incertezas que ainda persistem sobre o desaparecimento e destaca a corrida contra o relógio para encontrar sinais do Airbus A330-200.

Tagesanzeiger.ch, Suíça
Meio mundo procura avião desaparecido
"Várias nações procuram a aeronave desaparecida da Air France. O governo do Senegal teria visto destroços; um piloto diz que viu pontos laranja no céu." Numa atualização, o jornal comenta: "Os pontos laranja se desmancham no ar". O diário de Zurique informa que um navio francês não encontrou sinais do avião da
Air France no local indicado por piloto da TAM.

Le Temps.ch, Suíça
Air France: destroços podem ter sido localizados ao largo do Senegal
"Uma tripulação brasileira observou pontos luminosos numa zona limítrofe dos espaços aéreos brasileiro e senegalês, que poderiam ser detritos em chamas do Airbus desaparecido na segunda-feira com 228 pessoas a bordo."

Le Figaro.fr, França
Voo AF 447: 30 dias para as caixas pretas
"O ministro francês dos Transportes, Jean-Louis Borloo, considera indispensável encontrar o mais rápido possível as caixas pretas do airbus desaparecido durante a travessia do Atlântico entre Rio de Janeiro e Paris e que provavelmente se encontram em profundidades extremas. Começou a corrida contra o relógio, pois as duas caixas pretas emitem durante 30 dias."

France24.fr, França
A França, o Brasil e a Espanha mobilizados para encontrar o Airbus
"Sete aviões e helicópteros, bem como três embarcações cruzam a área onde supostamente se encontraria o Airbus A 330 da Air France, desaparecido durante um voo Rio-Paris."

Le Monde.fr, França
Voo Rio-Paris: as buscas continuam infrutíferas
"Os dispositivos responsáveis pela investigação do suposto desaparecimento do vôo AF 447 não confirmam o horário para a presença de "pontos luminosos" relatada por um piloto brasileiro."

Bild.de, Alemanha
26 alemães a bordo
O capitão e especialista em acidentes Francois Grangier disse à emissora francesa BFM-TV: "O desaparecimento sem chamada SOS mostra que a tripulação foi confrontada com algo rápido e brutal. Há três hipóteses. Uma bomba. Uma turbulência muito forte que danificou tanto o avião que ele entrou dramática queda livre. Uma trovoada com batida de relâmpago. Se um relâmpago bate no tanque de combustível, pode ocorrer uma explosão. "Se um relâmpago atinge o cérebro eletrônico, a aeronave não é mais manobrável." Segundo a emissora de televisão alemã ARD, o Airbus desaparecido já teve um acidente em 2006.

Deutsche Welle, Alemanha
Turbulências são mais perigosas do que raios, afirma associação alemã de pilotos
"Nos últimos 50 anos, houve apenas alguns casos em que a incidência de raios em aviões possa ter sido responsável por acidentes. O mais grave aconteceu em 8 de dezembro de 1963, no nordeste dos Estados Unidos, quando um raio atingiu um Boeing 707 da Pan American World Airways, incendiando os vapores do combustível. Todos os 81 passageiros a bordo morreram. Em consequência, o departamento de segurança aérea dos Estados Unidos obrigou a instalação de equipamentos de descarga elétrica em aviões civis."

Elmundo.es, Espanha
Um piloto viu sinais luminosos na zona em que pode ter caído o airbus
"A tarefa de encontrar uma agulha em um palheiro parece bastante mais fácil do que localizar o Airbus A330 nas águas do Atlântico. A zona de busca se concentra na confluência do espaço aéreo brasileiro e senegalês, mas compreende centenas de quilômetros e o tempo joga contra as esperanças porque o mar já pode ter devorado o artefato acidentado."


Elpais.es, Espanha
Busca desesperada do avião no Atlântico
"Tragédia. Continua a busca do avião que realizava o trajeto Rio-Paris. Desaparecidos são de 32 nacionalidades. Único rastro: manchas alaranjadas nas costas do Senegal. Horror e angústia afligem os familiares."

Guardian.co.uk, Inglaterra
Continua no Atlântico a busca do avião desaparecido da Air France
"Aviões da Força Aérea e navios de guerra aderem à caça de qualquer sinal do voo transportando 228 pessoas que desapareceu após a decolagem do Rio."

Timesonline.co.uk, Inglaterra
Procura de destroços começa após desaparecimento do Airbus da Air France
"Ministro francês inicialmente excluiu sabotagem ou seqüestro e disse que o pior desastre da Air France provavelmente tinha sido causado por um raio, mas que era demasiado cedo para tirar conclusões."

Geraldo Hoffmann, swissinfo.ch

Telefones da Air France à disposição das famílias

Telefones da Air France à disposição das famílias:</strong</>


0800 800 812 para chamadas da França
0800 881 20 20 para chamadas do Brasil
33 1 57 02 10 55 para chamadas de outros países

Número à disposição no Ministério suíço das Relações Exteriores:

031/323 30 99.

Aqui termina o infobox
(swissinfo.ch)


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×