Navigation

Impostos e seguros consomem quase 30% da renda familiar

As famílias suíças gastam uma média de 29% dos seus rendimentos em pagamentos obrigatórios como impostos, contribuições sociais e seguro de saúde.

Este conteúdo foi publicado em 19. novembro 2018 - 10:57
As contas de moradia e energia representaram uma média de 14,7% da receita familiar Keystone

Os números divulgados pelo Departamento Federal de Estatísticas da Suíça na segunda-feira (19) revelam que, com base em dados de 2016, uma família suíça tinha uma renda média líquida de 7.124 francos suíços (7.140 dólares), depois de pagar 2.910 francos suíços em despesas inevitáveis. Dessas despesas, os impostos constituíram 11,5%, as contribuições sociais 9,7% e os planos de saúde 6,2%.

As despesas fixas com maior margem de escolha também afetaram significativamente o orçamento familiar, segundo dados de 2016. As contas de moradia e energia somaram uma média de 14,7% da receita total (CHF1.476), enquanto o transporte chegou a 7,7% e a conta de supermercado 6,3%.

Depois de pagar as contas e os pequenos luxos da vida, a família média conseguiu reservar CHF1.551 para um dia chuvoso ou 15,5% da renda. Os lares que recebiam menos de 5 000 francos suíços eram geralmente incapazes de contribuir para poupanças e muitas vezes gastavam mais do que ganhavam. No entanto, essa estatística é distorcida pela proporção relativamente alta de famílias de aposentados (61%) nessa faixa de receita que pagam parte de suas despesas de suas economias.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.