Preço dos imóveis na Suíça explodem

Procurando uma casa à beira do Lago de Zurique? Então prepare-se para desembolsar CHF 2,5 milhões (US$ 2,75 milhões) por uma casa de tamanho médio. Keystone

Os preços dos apartamentos subiram em todos os distritos da Suíça nos últimos onze anos, com exceção de um. Zurique lidera a lista com um preço médio de CHF 13.000 (US$ 13.117) por metro quadrado - um aumento de 97% desde 2007.

Este conteúdo foi publicado em 16. outubro 2018 - 17:06
SDA-ATS

Os valores foram apurados em um estudo realizado pelo Instituto Federal de Tecnologia de Zurique (ETH-Z), em parceria com o site de comparação comparis.ch. Eles revisaram 1,5 milhão de listagens de casas e apartamentos em 166 distritos do início de 2005 a junho de 2017. O estudo faz parte de um projeto que visa fornecer aos compradores e vendedores de imóveis informações sobre a dinâmica dos preços imobiliários em cada distrito suíço. A análise também inclui um mapa interativo dos preços de habitação em toda a Suíça.

Os apartamentos à beira do lago em Zurique apresentam o maior aumento em todos os dez distritos semelhantes (com lago), com exceção de Bülach, no cantão de Zurique. Com 13.000 francos suíços por metro quadrado para um apartamento, Zurique ainda é mais barata que Hong Kong ou Londres, onde um apartamento custa US$ 28.000 e US$ 17.610 por metro quadrado, respectivamente.

De acordo com a Numbeo, um site estatístico de custo de vida gerado por usuários, os preços dos apartamentos em Genebra e Zurique estão entre os dez mais caros do mundo, conforme indicado no gráfico abaixo.

swissinfo.ch

O melhor negócio para um apartamento pode ser encontrado em Le Locle, no cantão de Neuchâtel, onde pode-se achar imóveis por modestos CHF 3.250 por metro quadrado. Também há pechinchas no Valais, na região oeste do país - onde cinco regiões encontram-se entre os dez distritos com os menores aumentos de preço.

Resultados semelhantes foram encontrados para casas. O preço de uma casa de tamanho médio (de 5 a 6,5 quartos) no Cantão de Zurique é de 2,5 milhões de francos suíços, em comparação com os 350 mil para zum imóvel semelhante no Vale Maggia, no cantão do Ticino. Em comparação, o preço médio de uma casa de quatro quartos em São Francisco era de US$ 2,1 milhões em outubro de 2018.

O estudo também analisou o risco de uma bolha imobiliária. Embora nenhum dos distritos se qualificasse como risco crítico, cinco foram considerados distritos “para ficar de olho” - Thun, Lucerna, Sursee, Aarau e Bülach.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo