Navigation

Maioria da população vê racismo como problema social fundamental

Quase 60% da população suíça considera o racismo um importante problema social, segundo uma pesquisa do Departamento Federal de Estatística.

Este conteúdo foi publicado em 22. fevereiro 2019 - 09:06
Uma manifestação contra o racismo em Berna, em 2017 © Keystone / Peter Klaunzer

O valor de 59% é, no entanto, 7% inferior a 2016, ano da última pesquisa. No total, 55% dos entrevistados classificaram a integração dos imigrantes na sociedade como funcionando bem.

Estes foram alguns dos resultados de uma pesquisa sobre diversidade e coexistência na Suíça para 2018, publicada na quinta-feira (21). O objetivo é apresentar uma imagem das questões levantadas pela coexistência de diferentes grupos vivendo atualmente na Suíça.

Vítimas

Em 2018, um quarto da população da Suíça afirmou ter sido vítima de discriminação ou violência durante os últimos cinco anos devido à sua afiliação a um grupo. Entre as vítimas, a maioria disse que sua nacionalidade foi o principal motivo.

O mundo do trabalho, tanto em termos de acesso ao mercado de trabalho como no dia-a-dia, é onde a discriminação ocorre com mais frequência. Por exemplo, 50% disseram que experimentaram discriminação no trabalho ou quando procuravam emprego.

País diverso

O departamento de estatística disse na introdução do relatório que a diversidade era uma característica da vida na Suíça. “A população da Suíça compreende quase 200 nacionalidades diferentes. Entre os detentores do passaporte suíço, uma em cada oito pessoas nasceu no exterior e, portanto, tem uma experiência de migração”.

Segundo o departamento, a situação é enriquecedora, mas também pode criar desafios. Foi neste contexto que a pesquisa foi realizada.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.