Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Temperatura dos trens, taxas, e Trump A semana em números: alertas de avalanche deixam o país em suspenso

zermatt

Cerca de 13.000 turistas ficaram ilhados na estação de esqui de Zermatt por causa da ameaça de avalanches

(Keystone)

Por trás de quase todas as histórias sobre a Suíça há um ou mais números. Leia aqui um resumo das estatísticas mais interessantes da semana que passou.

Conteúdo externo

Formatting classes

Segunda-feira

2

graus é o quanto vai cair a temperatura média nos vagões de trem da área de Zurique, como parte de um experimento das ferrovias federais suíças para diminuir o calor e economizar energia.

5

é o nível máximo de alerta de avalanche, e foi emitido para grandes partes do sul da Suíça. Mais para o fim da semana, o acesso à cidade de Zermatt foi bloqueado por vários dias por causa das ameaças de avalanches.

Terça-feira

5.000

O Tribunal Europeu de Direitos Humanos ordenou à Suíça que pagasse 5.000 euros (CHF 5.860) a um grupo anti-racismo por infringir a liberdade de expressão do grupo. Os tribunais suíços haviam forçado o grupo a remover comentários on-line citando o discurso de um político como "racismo verbal", uma decisão segundo a qual o tribunal europeu não concordou.

18

Esse é o número de anos que se passaram desde que o último presidente dos Estados Unidos viajou para o Fórum Econômico Mundial (WEF) em Davos. Na terça-feira, o presidente Donald Trump anunciou seus planos para se tornar o primeiro chefe de estado dos EUA desde Bill Clinton em 2000 a participar da reunião anual dos grandes líderes da política e da economia globais na cidade alpina.

Quarta-feira

10,1%

A taxa de imposto corporativo no cantão suiço de Nidwalden é de 10,1%. O cantão ficou em segundo lugar em um ranking global de destinos atraentes para empresas. Mas a BAK, a instituição por trás do índice, advertiu que as reformas fiscais em curso para empresas americanas poderiam mudar a equação para muitos destinos anteriormente lucrativos, incluindo a Suíça

Quinta-feira

14.000

O valor de um bitcoin aumentou para US$ 14.000 no dia em que a empresa chinesa de mineração criptográfica Bitmain Technologies anunciou que estava instalando uma filial na Suíça. A nação alpina tornou-se uma espécie de centro para as operações de cryptomoedas, dando novo alento para vilarejos que estavam quase morrendo.


swissinfo.ch/ets

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.









swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×