Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Suíça defende mais transparência no FMI

O ministro suíço das Finanças Kaspar Villiger (à direita na foto) quer mais transparência nos empréstimos e também na forma de eleição do diretor geral do Fundo Monetário Internacional. Ele partipa do Comitê monetário e financeiro do FMI, em Washington.

Como a maioria dos ministros de Finanças na reunião do FMI, em Washington, o suíço Kaspar Villiger (à direita) também falou da necessidade de mais transparência nos empréstimos do FMI. Nenhum dos ministros citou casos concretos, mas os empréstimos à Rússia foram alvo de críticas e denúncias meses atrás.

Depois da dificuldade em eleger o sucessor de Michel Condessus, com a batalha entre a UE e os Estados Unidos, os minitros das Finanças adotaram uma resolução prevendo que, no futuro, as candidaturas sejam préselecionadas por uma comitê externo que também considere os interesses dos países emergentes.

Em macroeconomia, Villiger disse estar preocupado com o desequilibrio provocado pelo crescimento da economia americana, com grande déficite da balança de pagamentos, moeda forte e supervalorização dos valores cotados em bolsa.

suissinfo com agências.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.