Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Suíça e Europa reforçam segurança

A embaixada dos EUA em Berna foi fechada e a segurança reforçada

(Keystone)

O governo suíço está "profundamente chocado" pelos atentatos nos Estados Unidos que dão uma "nova dimensão" ao terrorismo internacional. "Os atentados esclarecem da maneira mais brutal a fragilidade de uma sociedade altamente desenvolvida e de suas medidas de segurança".

Solidariedade

O comunicado do governo suíço afirma também que o presidente Mauritz Leuenberger enviou um telegrama ao presidente Bush com condolências às vítimas, ao governo e ao povo americanos.

O Ministério das Relações Exteriores discute medidas de segurança a adotar e colocou n° de telefone 031 322 27 62 à disposição do público.

As 13 horas de quarta-feira, os sinos das igrejas suíças vão soar homenagem às vítimas para quem serão realizados cultos ecumênicos.

Transtorno no tráfego aéreo

A companhia aérea suíça Swissair informou à swissinfo que tinha 9 aviões a caminho dos Estados Unidos. Alguns voltaram para Zurique, outros foram desviados para a Irlanda e o Canadá e 4 vôos foram anulados depois dos atentados. A Swissair também tem o telefone 01 253 48 95 à disposição do público.

Condenações generalizadas

As reações de indignação e solidariedade foram as reações mais frequentes na Europa diante dos atentados terroristas nos Estados Unidos.

swissinfo com agências.

Fora da europa, as condenações mais surpreendentes vieram da Síria e de Teerã.

×