Navigation

Suíça obtém vitória histórica sobre o Canadá no hóquei

Suíços festejam primeira vitória sobre os canadenses em um Mundial de Hóquei. Keystone

Nos 76 anos de história do Campeonato Mundial de Hóquei no Gelo, a Suíça festeja sua primeira vitória sobre o Canadá, campeão olímpico em 2010 e berço deste esporte.

Este conteúdo foi publicado em 13. maio 2010 - 16:02

A equipe helvética treinada pelo canadense Sean Simpson venceu o duelo de quarta-feira à noite por 4 a 1 e terminou a primeira fase do Mundial na Alemanha como líder do Grupo B.

O saldo anterior dos suíços contra o Canadá em mundiais era desastroso: desde 1934, eles haviam perdido 22 partidas, empatado duas, tendo marcado apenas 29 gols e tomado 143.

Por isso, a mídia canadense considera a vitória suíça na Alemanha por um placar folgado como um fiasco para os campeões olímpicos de 2010. "A Suíça choca o Canadá no Campeonato Mundial de Hóquei no Gelo", é a manchete do jornal The Globe and Mail.

A última vitória dos suíços sobre os canadenses, por 2 a 0, havia ocorrido há quatro anos nas Olimpíadas de Inverno de Torino (Itália). E, há dois anos, eles terminaram invictos a primeira fase do Mundial em Québec.

Balanço fantástico

Após as vitórias de 3 a 1 sobre a Letônia, 3 a 0 sobre a Itália e 4 a 1 sobre o Canadá, a seleção suíça de hóquei no gelo passa com seis pontos para a segunda fase e tem boas chances de avançar às quartas de final.

Na terceira partida, na quarta-feira (12/5), diante de 12,5 mil espectadores em Mannheim, os canadenses disparam mais vezes o disco (puk) a gol (31 a 18), mas o goleiro suíço Tobias Stephan fez 30 defesas espetaculares. E o ataque helvético foi efetivo.

Até o capitão canadense Ray Whitney elogiou os suíços. "Eles jogaram de forma estruturada, rápida e com muita garra. Eles foram impressionantes e jogaram uma partida realmente boa."

Corey Perry, o único campeão olímpico de Vancouver na equipe do Canadá, disse que os suíços "jogaram como nas Olimpíadas", quando seu time os derrotou nos pênaltis. "É uma boa equipe que não deve ser subestimada."

A Suíça joga no Mundial com o mesmo estilo de jogo ofensivo com que ZSC Lions, de Zurique, venceu a Liga dos Campeões europeus no ano passado. “O ZSC teve sucesso e a Suíça agora tem o mesmo treinador“, brincou Simpson, que foi técnico do clube de Zurique antes de assumir o comando da seleção.

Geraldo Hoffmann, swissinfo.ch (com agências)

Mundial na Alemanha

O 74° Campeonato Mundial de Hóquei no Gelo é disputado de 7 a 23 de maio nas cidades alemãs de Colônia, Mannheim e Gelsenkirchen.


Dezesseis equipes jogarão um total de 56 partidas. Mais de 330 mil ingressos foram vendidos e um público de cerca de 800 milhões de espectadores assistirá o evento na TV.

O jogo de abertura, que a Alemanha venceu por 2 a 1 dos EUA, teve o recorde mundial de 76.152 torcedores pagantes no estádio de Gelsenkirchen.

End of insertion

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?