Navigation

Suíça organiza Simpósio mundial sobre Federalismo

Palácio do Governo, em Berna. swissinfo.ch

De 27 a 30 de agosto, 600 participantes de 60 países estarão reunidos em Saint-Gallen, nordeste da Suíça, para a segunda Conferência Internacional sobre o Federalismo.

Este conteúdo foi publicado em 22. agosto 2002 - 10:52

A primeira foi em 1999, no Canadá.

Intitulada "Federalismo num mundo em evolução, aprender uns com os outros", a Conferência não é governamental, não tem mandato político e não adotará qualquer resolução.

Ela deve ser um "bazar de idéias" afirma o ex-ministro suíço da Justiça, Arnold Koller, presidente do comitê de organização da Conferência.

O regime federalista vigora em 40% dos Estados do planeta - dos EUA à Índia, passando pela Suíça - e suscita um interesse cada vez maior nos países em desenvolvimento, segundo Koller.

No entanto, são muitas as variantes do federalismo, daí o interesse da troca de experiências num simpósio internacional. Cientistas, políticos e diplomatas participarão dos debates, divididos em 24 grupos com temas como federalismo e política exterior, Estado decentralizado e prevenção de conflitos e federalismo financiero.

O prof. Thomas Fleiner, diretor do Instituto do Federalismo da Universidade de Fribourg, explica "que o constitucionalismo tradicional coloca a liberdade individual antes de tudo e que o federalismo privilegia a paz entre as comunidades."

swissinfo

Breves

600 participantes de 60 países: cientistas, políticos, diplomatas
Da América Latina: Brasil, Argentina, México e Peru.
40% dos países têm alguma forma de federalismo.
O federalismo permite a unidade pacífica na diversidade.

End of insertion

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?