Navigation

Suíço vendeu fragatas francesas a Taiwan

Uma das seis fragatas francesas vendidas a Taiwan Keystone

Uma empresa suíça foi intermediária da venda de 6 fragatas francesas à Taiwan, em 1991. O "caso Thomson" causou incidente diplomático entre França e China. Pela primeira vez o empresário suíço, que ainda não recebeu a comissão, confirma a participação.

Este conteúdo foi publicado em 02. agosto 2000 - 12:23

O empresário Edgar Hans Brunner era dono da Frontier AG Berna, na capital suíça. Em julho de 1979, ele assinou um contrato com Thomson, gigante francesa na fabricação de armamentos, para ajudá-la a obter um contrato de venda de fragatas a Taiwan.

Esse contrato previa remuneração pelo papel de intermediário no negócio de quase 2,5 bilhões de dólares. 6 fragatas francesas foram realmente vendidas a Taiwan o que, na época, causou um sério incidente diplomático entre a França e a China, que continua tendo como objetivo reintegrar Taiwan à soberania de Pequim.

Pela primeira vez Hans Brunner falou do caso publicamente ao repórter Ian Hamel, de Swissinfo. Afirmou que a Thomson procurou sua empresa porque não queria aparecer no negócio. Revelou também que o contrato foi validado pelo Tribunal Arbitral Internacional, em Genebra, e pelo Supremo Tribunal suíço.

Mesmo assim a Thomson não pagou a comissão prevista de quase 30 milhões de dólares. Pior ainda, em 1997, a empresa francesa entrou com um processo por tentativa de fraude.

Hans Brunner já se aposentou e a Frontier AG Berna não existe mais.

Ian Hamel/Claudinê Gonçalves

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?