Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Suíços ajudaram a mapear cromossomo 21

Pesquisadores suíços do Hospital Universitário de Genebra participaram do mapeamento do cromossomo 21, segundo a ser inteiramente seqüenciado. Alemães e japoneses também integraram a equipe de 62 cientistas. Os resultados estão na revista "Nature".

A equipe suíça de pesquisadores do cromossomo 21 foi coordenada pelo professor Stylianos Antonorakis, diretor da divisão genética do Hospital Universitário de Genebra.

O cromossomo 21 é o menor dos 23 pares de cromossomos humanos mas seu mapeamento é muito importante para a medicina, afirma o Dr. Antonorakis. O 21 é responsável pela Sindrome de Down, ou trisomia 21, que atinge uma em cada 700 crianças que nascem e permanecem deficientes.

O cromossomo 21 tem 225 genes e "agora vamos nos dedicar a estudar a função de cada um desses genes. Isso levará uns dez anos", segundo o Dr. Antonorakis, que estuda o assunto há 20 anos na Universidade de Genebra.

A partir daí, os cientistas esperam desenvolver diagnósticos e tratamentos mais precisos para doenças relacionadas ao cromossomo 21 como um tipo raro de epilepsia, imunodeficiência, cegueira, surdez, arteriosclerose e leucemia.

swissinfo com agências.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.