Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Suíços compram cada vez mais pela Internet

Les Suisse attrapent le virus du shopping online.

(Keystone)

O gigante dos leilões pela Internet "eBay" faz um balanço positivo do primeiro ano de atividade no mercado suíço. 12% dos internautas utilizaram o site.

Segundo analistas, os suíços aderem lentamente às compras na Internet, seguindo a tendência observada nos países vizinhos.

Com 450 mil visitas por mês, o site eBay ainda está longe das dezenas de milhões de internautas que participam de seus leilões virtuais na Alemanha e nos Estados Unidos.

Segundo pesquisas, metade da população adulta na Suíça usa a Internet "mais de uma vez por semana ou diariamente".

Apesar disso, eles são apenas 115 mil a participar dos leilões e 153 mil a fazer compras via internet.

Questão de confiança

Analista especializado em vendas em linha no Instituto Gottlieb Duttweirler, em Zurique, Catherine Crowden observa que os suíços que compram pela Internet não estão sempre interessados em apenas fazer um bom negócio. Os consumidores vituais gostam de preços fixos e um vendedor conhecido em quem possam confiar.

"Os suíços não gostam de arriscar. Por isso, aqui demora mais do que em outro lugar para estabelecer-se no mercado", afirma a analista.

Durante dois anos, ela estudou essa questão e notou que os suíços começam lentamente a superar seus receios.

"As pessoas têm menos medo hoje do que em em 2002. Basta ter feito uma primeira compra, ou que u amigo o faça, para que se sentam à vontade".

Migros, primeira rede de supermercados na Suíça - que comprou o site LeShop, o maior do gênero, dá lucro atualmente, o que significa que os suíços aderem à nova tendência.

Segundo Catherine Crowden, as vendas via Internet aumentaram 46% entre setembro de 2003 e setembro de 2004, chegando a 23,2 milhões de faturamento.

A peça rara

Quanto aos leilões, o porta-voz do eBay Joachim Guentert está afirma que os suíços vão aderir, apesar de estarem com dois anos de atraso em relação à Alemanha onde, segundo ele, 17 milhões de internautas por mês participam dos leilões.

A Suíça inclusive já registrou um recorde no comércio virtual. Dia 29 de outubro, uma Ferrari Enzo foi vendida por um suíço para outro suíço 1,2 milhão de francos. Trata-se de um modelo em que existem apenas 299 exemplares em todo o mundo.

"Os suíços não procuram sistematicamente um bom negócio, mas sim uma peça rara", explica Joachim Guentert. Ele notou que os objetos mais procurados nos leilões são peças de coleção.

"Na Alemanha e na Áustria, o site é visitado sobretudo por gente que busca um objeto de marca a bom preço. Na Suíça é completamente diferente".

Mais que um simples brechó

Joachim Guentert acha que a reputação da qualidade suíça poderia ser uma grande vantagem para quem quiser vender alguma coisa na rede mundial do eBay
que tem atualmente 125 milhões de consumidores registrados.

Ele afirma que relógios suíços já foram vendidos no site a mais de 20 mil francos por peça. "A presença no eBay de pequenas e médias empresas demonstra que nosso site não é um simples brechó em linha, afirma o porta-voz.

Mas Joachim Guentert é consciente que os suíços ainda não estão totalmente à vontade com o comércio eletrônico, ainda menos com os leilões que exigem um alto grau de confiança.

Para criar essa confiança, a empresa criou há seis meses um departamento de marketing na sede européia, em Berna.

swissinfo, Elisabeth Meen
tradução, Claudinê Gonçalves

Fatos

50% dos suíços utilizam a Internet pelo menos uma vez por semana ou diariamente.
82% usam o correio eletrônico, 64% consultam motores de busca, 42% lêem as notícias do dia, 16% os horários de trem e 11% fazem operações bancárias.
3,4% dos internautas suíços participaram dos leilões do eBay ou do Ricardo.ch; 4,5% fazem compras nos sites dos supermercados.

Aqui termina o infobox

Breves

- eBay.ch realizou a maior venda até agora na Europa em 29 de outubro 2004. Uma Ferrari Enzo foi leiloada por 1,2 milhão de francos suíços.

- O comprador estava entre 39 mil internautas registrados e 84 participaram do leilão. No lance final para bater o martelo, a diferença foi de apenas 50 francos suíços.

Aqui termina o infobox


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×