Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Suíços descobrem Vinho do Porto

Alberto Pacheco (à esquerda), vice-presidente do Instituto do Vinho do Porto

(swissinfo.ch)

Instituto do Vinho do Porto, de Portugal, organiza em Zurique primeira grande mostra de Vinhos do Porto na Suíça.

O objetivo é aumentar o mercado no país, atualmente o 12º maior comprador mundial do Vinho do Porto.

No país dos chocolates, um aperitivo como o Vinho do Porto deve cair no gosto popular. Para os representantes das 48 marcas presentes no primeiro dia do mês, na primeira grande degustação no Hotel Intercontinental em Zurique, o objetivo era mostrar que o tradicional aperitivo português é um vinho requintado, muito bem adaptado às tradições gastronômicas de um país montanhoso como a Suíça.

"Provocações gastronômicas"

"Queremos fazer aqui provocações gastronômicas aos suíços, não só mostrando para eles que nossos vinhos combinam bem com chocolates e queijos, mas também com "foie gras" e carnes vermelhas. O Vinho do Porto já foi descoberto pelos americanos, agora esperamos a Suíça", afirma Alberto Pacheco, vice-presidente do Instituto do Vinho do Porto, órgão estatal ligado ao Ministério da Agricultura de Portugal.

Em 2001 foram vendidos mundialmente mais de 127 milhões de garrafas de Vinho do Porto, o que correspondeu a um volume de negócios de 402 milhões de dólares. O preço médio de cada garrafa foi de 4,23 dólares.

Os maiores consumidores são os franceses

A Suíça é o 12º maior país comprador mundial de Vinho do Porto. Em 2001 os suíços gastaram 3,6 milhões de dólares, o que correspondeu a 900 mil garrafas. Esse número é reduzido comparado como o que foi consumido na França: no ano passado os franceses compraram 37 milhões de garrafas, movimentando mais de 98 milhões de dólares. O segundo maior consumidor é Portugal, seguido pela Holanda, Inglaterra, Bélgica e Estados Unidos.

Mistura de vinho e aguardente de uvas

O Vinho do Porto é um vinho ainda não completamente fermentado, misturado com 20 a 25% de aguardente de uvas. O nome "Vinho do Porto" vem de Porto, onde há trezentos anos esse vinho era embalado e embarcado por empresas inglesas para o além-mar. Por leis internacionais, apenas os vinhos que são produzidos na região do Douro tem o direito de se chamarem "Vinho do Porto". Por ano, são produzidos 55 milhões de litros dessa especialidade portuguesa, hoje vendidos em várias partes do mundo.
Alexander Thoele/swissinfo.

Breves

- Em 2001 foram vendidos mundialmente mais de 127 milhões de garrafas de Vinho do Porto.
- A venda de Vinho do Porto representou um volume de negócios de 402 milhões de dólares.
- O preço médio de cada garrafa foi de 4,23 dólares.

Aqui termina o infobox


Links

×