Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Sueco é o mais rico na Suíça

Ingvar Kamprad (à esquerda) é a pessoa mais rica do país. O suíço Martin Ebner perdeu tanto na Bolsa que saiu da lista.

(Keystone)

Apesar de terem perdido 13% do seu dinheiro nas bolsas, no ano passado, as 300 maiores fortunas de pessoas residentes na Suíça equivalem ao próprio PIB (Produto Interno Bruto ) do país.

A maior fortuna, calculada de 10 a 15 bilhões de francos suíços, é de um cidadão sueco, dono de uma rede de lojas de móveis.

A lista das 300 maiores fortunas na Suíça é publicada anualmente pela revista econômica Bilanz.

Sueco dos móveis

Na edição 2002, a lista é encabeçada pelo sueco Ingvar Kamprad, de 76 anos e que vive discretamente na Suíça há 25 anos. Criador e dono da Ikea, uma rede européia de móveis, sua fortuna é avaliada entre 10 e 15 bilhões de francos.

Ele passou a liderar a lista este ano porque foi o único que não perdeu dinheiro nas bolsas de valores. Sua empresa é de capital fechado, ou seja, não está cotada na bolsa.

A segunda maior fortuna é da família Rausing, também sueca, dona da Tetra Laval, líder mundial do setor de embalagens sediada em Lausanne, oeste da Suíça.

Famílias suíças

Duas famílias suíças, Bertarelli e Oeri-Hoffmann, continuam entre as 5 maiores fortunas na Suíça.

Bertarelli, dono da empresa de biotecnologia Serono, em Genebra, já liderou a lista mas sua fortuna passou de 14 a 8 bilhões de francos suíços, em um ano, devido a queda do valor das ações.

Personalidades conhecidas como o investidor suíço Martin Ebner e o ex-piloto Alain Prost sairam da lista este ano. A escuderia de Prost na F-1 faliu e Ebner perdeu parte da fortuna na queda da Bolsa. Michael Schumacher continua na lista, com fortuna estinada entre 600 e 700 milhões de francos suíços.

Globalmente, os 300 mais ricos na Suíça perderam 13% na Bolsa mas ainda detém uma fortuna acululada de 345 bilhões de francos suíços. A título de comparação, o PIB da Suíça em 2001 foi de quase 415 bilhões de francos (US 280 bilhões).

swissinfo com agências

Breves

- As 300 maiores fortunas na Suíça somam 345 bilhões de francos suíços

- Esse total é inferior de 13% ao ano passado, dinheiro perdido na Bolsa

- Os 10 primeiros da lista detém 1/5 da fortuna

- No ano passado, o investidor suíço Martin Ebner tinha de 4 a 5 bilhões e hoje estaria arruinado.

Aqui termina o infobox


Links

×