Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Supermercado vai vender remédios

Os supermercados Coop, segunda maior rede na Suíça, vai começar a vender remédios com ou sem receita médica. Coop assinou um acordo com o maior atacadista do setor no país. A decisão é duramente criticada por farmacêuticos e associações de consumidores.

Trata-se de uma revolução na Suíça: pela primeira vez uma grande rede de supermercados vai instalar farmácias em suas lojas para vender remédios com ou sem receita médica.

Até agora, a venda de remédios era exclusividade das farmácias, mas os supermercados Coop, segunda maior rede do país, assinou um contrato com a Galenica, maior atacadista de remédios na Suíça. As farmácias dentro dos supermecarcados terão a denominação "Coop Vitalidade" e venderão também cosméticos, perfumaria, alimentos específicos de saúde e produtos para bebês. Coop terá 51 p/cento das ações e Galenica 49 p/cento.

As primeiras farmácias "Coop Vitalidade" serão inauguradas no segundo semestre. Coop tem 1.649 supermercados na Suíça mas as farmácias serão instaladas em cerca de 50, nos principais pontos de venda.

A decisão suscita críticas de farmacêuticos e associações de consumidores. Os farmacêuticos afirmam que a prioridade nos supermercados será o lucro e que o paciente não terá mais os conselhos de um especialista. As associações de consumidores afirmam que os remédios não são produtos como outro qualquer e teme pelo estímulo à automedicação, em geral prejudicial à Saúde.

O mercado de farmácias e drogarias movimenta cerca de 4 bilhões de francos suíços por ano. No ano passado, o lucro líquido dos supermercados Coop cresceu 30 p/cento, totalizando 255 milhões de francos suíços.


swissinfo com agências.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.