Navigation

Swatch empenhada em projeto social em Portugal

Chico Buarque e Scolari participaram do jogo beneficente em Alvalade Keystone

"O mundo perfeito está na sua mão". Com este 'slogan' a Swacht e a Fundação Figo deram o pontapé inicial a um projecto social, que envolveu neste fim-de-semana estrelas da música e do futebol para uma partida beneficente.

Este conteúdo foi publicado em 12. junho 2007 - 14:25

O objetivo é a construção de um centro de acolhimento temporário para crianças, entre os 3 e os 12 anos, para proporcionar-lhes um ambiente mais próximo possível de uma estrutura familiar equilibrada e diminuir o trauma da separação.

Este é o quarto projeto social que a empresa suíça Swatch realiza com os portugueses. O primeiro foi a reconstrução de uma escola no Timor Leste que hoje abriga 420 crianças, o segundo é dedicado aos bebes que necessitem ajuda especial; e o terceiro é o projeto Ursinhos que ajudou a abrir uma casa em Portugal para abrigar crianças com leucemia, submetidas a tratamentos de quimioterapia.

"O All Stars é uma prova real de que um mundo perfeito pode ser construído por todos. Por isso nos orgulhamos de participar de iniciativas onde todos possam cooperar", afirmou Salomão Bolinaste, um dos organizadores do projeto promovido pela Jacto.

Noite colorida de estrelas

Fantástico, memorável...e muitos outros adjetivos qualificaram uma noite colorida por uma série de estrelas, de mundos tão diferentes como o do futebol e da música.

A quarta edição do "All Stars" - jogo das estrelas - organizado pela Fundação Luís Figo, levou a Alvalade artistas como Chico Buarque, Eros Ramazzotti, João Gil ou Will Champion (baterista dos Coldplay), que surpreenderam o público com pormenores e jogadas de quem entende do assunto.

Em contrapartida entre os "músicos da bola", encontravam-se, entre outros, nomes como Rui Costa, Ibrahimovic, Cocu, Fernando Couto, Quaresma, Toldo, Enke, Chivu, Pedro Mendes, Solari, Linz, Pepe, Mantorra ou Paulo Ferreira. E claro, alguns já afastados do gramado como Zidane, Hagi, Popescu, Oceano, Berthold e Nakata.

Resultado, 5 a 4 para a equipe de Figo que foi comandada por Luiz Felipe Scolari.

Só deu Chico

Chico Buarque conseguiu jogar, no time de Figo, durante os primeiros 25 minutos do jogo, numa atuação aceitável, segundo a imprensa portuguesa, apesar de não ter corrido muito. Quando perguntaram se ele costumava jogar no Brasil respondeu: "claro que sim, não parece?".

Mas alguns jornalistas brasileiros não foram tão generosos como os portugueses nos seus comentários. "O Chico como jogador de futebol provou realmente que é um ótimo compositor e escritor", afirmou um deles durante o jogo.

Esta foi a edição em que Figo conseguiu reunir mais amigos famosos, para um espetáculo presenciado por 15 mil espectadores. Numero bem abaixo do esperado, mas justificado porque caiu bem no meio de dois feriados.

swissinfo, Adriana Niemeyer, Lisboa

Breves

O Projecto Swatch Mundo Perfeito, em parceria com a Fundção Luís Figo, tem como objectivo a construção de um Centro de Acolhimento Temporário, situado no Parque da Belavista, em Lisboa, para crianças dos 3 aos 12 anos.

Será um espaço para apoio a crianças mais desfavorecidas desta zona da cidade, onde se pretende que o amor e a compreensão estejam presentes, de modo a que as crianças encontrem as melhores condições para terem um futuro melhor.

End of insertion

Fundação Figo

Criada em março de 2003, inspirando-se nos valores, ideais, postura e notoriedade do seu Fundador, a Fundação Luís Figo terá como missão a contribuição para a criação de condições e oportunidades para que todas as crianças e adolescentes, especialmente os mais desfavorecidos, possam desenvolver plenamente o seu potencial, como pessoas e cidadãos, através da prática desportiva.

End of insertion

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?