Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Swiss Press Photo Prêmio de fotojornalismo suíço anuncia ganhadores

Guillaume Perret é o fotógrafo de imprensa suíço do ano. Ele foi escolhido como o principal vencedor em uma cerimônia em Berna na quarta-feira.

A Fundação Reinhardt von Graffenried já havia nomeado vencedores em seis categorias.

Guillaume Perret foi premiado na categoria “Pessoas” por suas imagens de Daniela Mossenta, de 67 anos, de Neuchâtel, em recuperação de câncer de mama.

Guillaume Perret com Daniela Mossenta durante a cerimônia de entrega dos prêmios.

(Keystone)

Reto Oeschger ficou em primeiro lugar na categoria “Notícias”. Sua foto, “O Lado Negro de Jürg Jegge”, mostra o ex-professor de deficientes e pedagogo famoso por seus livros que admitiu atos sexuais com ex-alunos. Ele parece um "homem acabado", de acordo com o júri.

Niels Ackermann, que ganhou o prêmio principal em 2015, liderou a categoria “Histórias Suíças” para “Operação Valmy”, uma imagem da campanha eleitoral de Pierre Maudet, um jovem político de Genebra que concorreu a um assento no conselho federal em setembro (em vão).

“Poesia na fotografia de imprensa”, foi como o júri descreveu a série vencedora na categoria “Vida Cotidiana”, de autoria de Karin Hofer e chamada “Servindo Vinho Puro”, registrando um vinicultor que produz vinho natural feito com mínima intervenção química e tecnológica.

A imagem de um franco-atirador de Alex Kühni em Mosul destacou-se na categoria "Mundo", e Simon Tanner ganhou o prêmio "Esporte" por sua visão do futebol.

(Todos os direitos de imagem ficam com os autores. Texto: SDA-ATS)

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.