Tanzânia controla incêndio no Kilimanjaro

Manada de elefantes em frente ao monte Kilimanjaro, no Quênia, em 3 de novembro de 2016 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 17. outubro 2020 - 15:49
(AFP)

Um incêndio registrado há seis dias nas encostas do Kilimanjaro, a montanha mais alta da África, foi praticamente controlado neste sábado (17), anunciaram as autoridades.

"Basicamente, o fogo está controlado e as atividades turísticas continuam, considerando que não foram afetadas pelo fogo", disse à AFP Pascal Sheluette, porta-voz da Autoridade de Parques Nacionais da Tanzânia (Tanapa).

"Até agora não estabelecemos nenhum impacto humano do incêndio. Aqueles que planejam escalar a montanha não devem se preocupar, pois as atividades turísticas continuam normalmente", acrescentou.

O incêndio começou no último domingo e se espalhou por cerca de 95 quilômetros quadrados sem causar mortes na montanha, que se eleva a 5.985 metros acima do nível do mar, revelou a Tanapa.

Localizado no nordeste do país, próximo à fronteira com o Quênia, Kilimanjaro é um destino popular para alpinistas e turistas em geral.

A montanha e a área em torno dela pertencem a um parque nacional e estão na lista do patrimônio mundial da Unesco.

Partilhar este artigo