Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Teste positivo para a seleção

Treinador Köbi Kuhn felicita Fournier e H.Yakin que fez o 2° gol

(Keystone)

Em jogo amistoso, em Viena, capital austríaca, a Suíça derrotou a Áustria por 2 a 0. Mais importante que o resultado foi a preparação para a partida contra a Iugoslávia, em 1° de setembro, válida pelas eliminatórias da Copa do Mundo. A vitória coincidiu com estréia do novo treinador suíço Köbi Kuhn, elogiado pela mídia.

A Suíça está em situação difícil. No Grupo 1 da zona Europa, após 7 rodadas, ela coloca-se em 4° lugar com 11 pontos, precedida da Iugoslávia com 12, Eslovênia com 13 e da Rússia com 17.

A briga pela classificação vai se limitar a esses quatro países. Os inexpressivos Luxemburgo, com 4 pontos) e Ilhas Faroé, com 0 ponto, não têm chances.

Seleção não pode perder

A Suíça está condenada a ganhar da Iugoslávia dia primeiro. Um empate no mesmo dia entre Eslovênia e Rússia seria também interessante, até porque se joga dia 4 contra o fraco Luxemburgo, em 6 outubro a seleção suíça enfrenta um osso duro, a Rússia, e na casa do adversário.

Esse último jogo da fase eliminatória deve decidir sobre sua participação ou não no Mundial no Japão e Coréia. Naturalmente, desde que sua campanha seja impecável até lá...

Técnico em estado de graça

A estréia do novo treinador coincidiu com uma equipe suíça mais solidária e confiante, depois de uma série de fracassos com o técnico precedente, o argentino, Enzo Trossero, que se demitiu, regressando a seu país.

Por enquanto Köbi Kuhn está em estado de graça e só tem recebido apreciações favoráveis da mídia por ter montado "uma equipe tão atraente". Só lhe resta confirmar nas partidas pra valer, o que é bem mais dificil.

swissinfo com agências.


Links

×