Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Troca automática Suíça compartilha informações de 3,1 milhões de contas de estrangeiros

No seu segundo exercício de troca de dados como parte de um acordo mundial de troca automática de informações, a Suíça transmitiu informações sobre contas financeiras para 63 países.

UBS

Dados detidos por cerca de 7.500 instituições financeiras suíças, como bancos, trusts e seguradoras, foram usados para compilar as informações

(© Keystone / Alessandro Della Valle)

Na segunda-feira (07), a Receita Federal Suíça revelou que forneceu detalhes de cerca de 3,1 milhões de contas bancárias mantidas por estrangeiros. Em contrapartida, recebeu informações sobre dados bancários de cerca de 2,4 milhões de contas detidas por cidadãos suíços em 75 países.  

O maior intercâmbio de dados (em ambos os sentidos) foi com a Alemanha, o mesmo de 2018. O acordo de troca automática entrou em vigor em 2017 e a primeira troca de informações financeiras ocorreu no ano seguinte.  

Desta vez, a Suíça recebeu dados financeiros de 75 países, mas só mandou para 63. Isso porque 12 países não cumpriram os requisitos de segurança e confidencialidade dos dados (Belize, Bulgária, Costa Rica, Curaçao, Monserrate, Romênia, São Vicente e Granada, Chipre) ou optaram por não receber dados suíços (Bermudas, Ilhas Virgens Britânicas, Ilhas Caimã, Ilhas Turcas e Ilhas Caicos). 

As autoridades suíças esperam que a rede de países do acordo seja ampliada para 90 no próximo ano.


Transparência financeira A Suíça na era da troca automática de informações financeiras

Há um ano, a Suíça começou a transmitir dados sobre as contas bancárias detidas por estrangeiros em bancos suíços para cerca de 30 países. O ...


swissinfo.ch/fh

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.