Navigation

Turim 2006: 14 medalhas suíças

Uma grande festa encerrou as Olimpíadas em Turim. Keystone

As Olimpíadas de Inverno de Turim encerraram com uma festa cheia de música, quase lembrando um carnaval.

Este conteúdo foi publicado em 27. fevereiro 2006 - 15:56

A campeã olímpica de skeleton, Maya Pedersen, carregou a bandeira suíça na festa. A equipe retornou para casa com um excelente resultado: 14 medalhas, sendo que 5 de ouro.

Cinco atletas da equipe helvética teriam o direito de carregar a bandeira vermelha com a cruz branca no centro durante a festa de encerramento das Olimpíadas de Inverno de Turim. A escolha acabou ficando com a primeira ganhadora, Maya Pedersen, que se emocionou ao entrar no estádio da cidade.

- Carregar essa bandeira significou tanto para mim. Foi uma honra imensa e também uma oportunidade única na minha vida - declarou a campeã de skeleton aos jornalistas presentes.

Carnaval

A cerimônia de encerramento esbanjou alegria e beleza, mas com teve menos impacto e surpresas do que a de abertura das Olimpíadas de Inverno. Cheia de música, seu intuito foi lembrar o carnaval que se iniciou em vários países do mundo. Houve acrobatas, palhaços e bailarinas clássicas.

Os participantes apresentaram seu show sobre um gigantesco cenário que pretendia ser uma praça típica italiana, com grandes portais e quatro torres. Depois da festa, o espaço recebeu autoridades para premiar os medalhistas dos 50 km de esqui nórdico, a "maratona invernal" de Turim'06, a única premiada no estádio Olímpico.

A ex-esquiadora italiana Manuela di Centa entregou medalhas a seu irmão, Giorgio di Centa (ouro), ao russo Eugeni Dementiev (prata) e ao austríaco Mikhail Botwinov (bronze). Depois houve a interpretação do hino italiano e o hasteamento da bandeira nacional; voltou o ritmo de carnaval, que iniciou o desfile dos atletas.

Muitos dos atletas se uniram ao carnaval usando narizes vermelhos luminosas, acompanhados por espectadores das arquibancadas que puseram as máscaras que encontraram em seus assentos.

Ao final, tudo retomou a seriedade habitual das Cerimônias de Encerramento; discursos de autoridades como Valentino Castellani, presidente do TOROC, e a apresentação de Vancouver, que recebeu de Turim a bandeira olímpica, recebida pelo prefeito, Sam Sullivan. A chama foi apagada, apareceu a "Aurora Boreal" e os fogos de artifício iluminaram o céu de Turim. A cerimônia foi encerrada com uma apresentação do cantor porto-riquenho Ricky Martin.

Bons resultados da Suíça

Nos diferentes locais onde ocorreram as diferentes provas dos JO de Turim como Sestrières, Bardonecchia, Cesena, Pragelato, Pinerolo e Suze d'Oulx, os 130 membros da equipe olímpica da Suíça mostraram que o país dos Alpes está se esforçando para voltar à glória do passado.

No total, os atletas ganharam 14 medalhas e 24 diplomas olímpicos. Desde os JO de Sapporo (Japão, 1972), quando os suíços obtiveram 10 medalhas, os suíços não haviam conseguido chegar a um resultado tão bom quanto o obtido em Calgary (1988), com 15 medalhas.

- O balanço da nossa participação em Turim foi muito positivo. Essa é uma grande satisfação para nós, pois 70% dos nossos atletas chegaram a ganhar pelo menos uma medalha ou diploma. Isso mostra que os critérios de seleção estão corretos, apesar das críticas que tivemos em janeiro - explica o chefe da delegação helvética, Werner Augsburger, à swissinfo.

swissinfo com agências

Breves

- Os Jogos Olímpicos de Inverno de Turim foram realizados entre 10 e 26 de fevereiro.

- A Suíça obteve 14 medalhas (5 de ouro, 4 de prata e 5 de bronze) e 24 diplomas.

- Esse é o segundo melhor resultado nas Olimpíadas de Inverno para a equipe helvética desde os JO de Sapporo, Japão (10 medalhas). Em 1988 a equipe suíça havia ganhado 15 medalhas.

- Na colocação geral a Suíça ficou entre os 10 primeiros países.

- Na cerimônia de encerramento, a campeã de skeleton, Maya Perdersen, primeira medalha de ouro ganha pela Suíça nos JO de Turim, carregou a bandeira do país.

End of insertion

Fatos

Os atletas que seguraram a bandeira suíça nas cerimônias de encerramento das últimas cinco Olimpíadas de inverno:
Turim 2006, Maya Perderson (skeleton).
Salt Lake City 2002, Luzia Ebnöther (curling).
Nagano 1998, Brigitte Albrecht (esqui de fundo).
Lillehammer 1994, Sonny Schönbächler (esqui acrobático).
Albertville 1992, Gustav Weder (bob).

End of insertion

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?