Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

UBS supera expectativas

Se para a indústria 2003 foi um ano de estagnação, para o setor financeiro foi um ano de lucros: UBS supera expectativas.

(Keystone)

Superando as expectativas dos analistas, o UBS teve o segundo maior lucro da sua história em 2003.

O lucro ficou acima dos seis bilhões de francos suíços, significando um aumento de 81% em relação aos resultados de 2002. Depósitos de fortunas aumentaram em 8%.

Depois de dois anos de vacas magras, o maior banco da Suíça e também o maior administrador de fortunas do mundo apresenta enfim bons resultados à imprensa suíça e estrangeira.

Em 2003, a instituição teve um lucro líquido de 6,385 bilhões de francos suíços, o que representa um aumento de 81% em relação aos resultados de 2002: 3,535 bilhões de francos suíços.

Dessa forma, o UBS ultrapassa as expectativas dos analistas, que esperavam um lucro de apenas 6,09 bilhões de francos suíços. Os dividendos devem aumentar em 30% para 2,6 francos suíços por ação, valor que representa um recorde.

Ao mesmo tempo, os porta-vozes da instituição anunciaram o início de um programa de recompra de ações. Até seis bilhões de francos suíços poderão ser gastos com esses fins.

No quarto trimestre de 2003, o UBS teve um lucro líquido de 1,859 bilhões de francos, enquanto no mesmo período em 2002, o prejuízo foi de 101 milhões de francos.

Mais fortunas

O maior administrador de fortunas do mundo registrava, até o final de 2003, no seu portfólio 2,209 trilhões de francos suíços. Esse valor corresponde a um aumento de 8% em relação a 2002.

Peter Wuffli, presidente do UBS, anunciou que o ano passado foi um período considerado surpreendentemente bom para o setor financeiro e, sobretudo, para o próprio banco.

No seu comunicado, UBS revela também que comprou o administrador de fortunas inglês Laing & Cruickshank Investment Management do banco francês Credit Lyonnais. O preço de compra foi de 160 milhões de libras esterlinas. A instituição tem 246 funcionários e se especializou na administração de fortunas de clientes ricos e instituições de caridade.

swissinfo com agências


Links

×