Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Um funcionário para defender excepcionais

Acesso de excepcionais ao trem

(Keystone)

Na Suíça a Divisão Federal dos Transportes (DFT) criou o cargo de defensor dos excepcionais que utilizem os transportes públicos, cargo confiado a ex-funcionário das ferrovias federais (Peter Luginhbühl).

Segundo a DFT na Suíça - que conta 7 milhões de habitantes - quase 1 milhão sofrem de algum "handicap" na utilização dos transportes públicos. Mesmo assim não deixam de utilizá-los.

A função do encarregado de defendê-los deverá atender aos interesses dos excepcionais e verificar se normas a esse respeito são aplicadas de maneira uniforme.

Na Suíça os interesses dos excepcionais são cada vez mais levados em conta. As calçadas geralmente têm acesso à cadeiras de roda, aumentam as rampas nos edifícios públicos.

Mas é uma área em que as pessoas que sofrem handicaps reclamam melhoras para levarem uma vida (quase) normal.

Nas estações ferroviárias há gerallmente um sistema de guindaste para colocar (ou tirar) as pessoas em cadeiras de roda nos trens. Mas o interessado deve anunciar sua partida ou chegada para ser atendido.

swissinfo com agências.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.