Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

UNESCO Patrimônio cultural suíço abre suas portas

Uma série de eventos aberto ao público mostra nesse final de semana os 11 patrimônios mundiais da UNESCO na Suíça. As seguintes imagens mostram esses lugares únicos.

Em Berna, a capital suíça, um mercado do Patrimônio Mundial oferecerá aos visitantes a experiência de conhecer o caráter medieval da cidade. A Companhia de Trens do Jungfrau corta pela metade os preços dos seus bilhetes para o Jungfraujoch, a estação alpina que leva turistas até as geleiras do Aletsch, considerado patrimônio natural do país.

Um dos mais novas acréscimos à lista da UNESCO: os vinhedos do Lavaux, às margens do lago de Genebra. Os famosos terraços são utilizados para a plantação de videiras desde o século 11.

O esforço de promoção nesse final de semana ocorre em um ano em que a comissão suíça da UNESCO afirma ser necessário mais esforço para tornar público os 11 locais listados como parte do patrimônio mundial na Suíça.

Desde a sua criação em 1972, a lista da UNESCO já inclui hoje mais de 1000 diferentes lugares em 161 países. Todos os 191 países-membros ratificaram a convenção internacional que determina o Patrimônio Cultural e Natural da Humanidade. A Suíça o ratificou em 1975.

(Editor de imagens: Christoph Balsiger, Texto: Dale Bechtel) 

É importante proteger o patrimônio cultural de um país? Dê a sua opinião.