Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Vinicultores manifestam descontentamento

O excedente da produção mundial de vinho estaria entre 30 a 40 milhões de hectolitros

(Keystone Archive)

Os produtores suíços de vinho promovem manifestação em frente ao palácio do governo, em Berna, reclamando medidas urgentes para o setor. Querem reduzir a produção, subvenções para vender estoques e redução das cotas de importação de vinhos estrangeiros.

Às vésperas do início das vindimas, os vinicultores suíços viajaram de trator de vários estados para protestar e fazer reinvidicações na capital federal, em Berna. Muitos afirmam que a situação do setor é insustentável e reclamam medidas de urgência.

Consumo em baixa

A produção vinícola está concentrada nas regiões sudoeste, oeste e sul da Suíça e os vinicultores enfrentam vários problemas ao mesmo tempo. O consumo está em baixa, há excesso de estoques e concorrência estrangeira aumenta.

No ano passado, os suíços compraram 295,2 milhões de litros de vinho, 1,8 milhão a menos do que no ano anterior. O consumo de vinhos suíços caiu 3% e os de vinho branco nacional, 4,7%. Parte do recuo das vendas do produto nacional foi compensada pelo aumento das importações.

Isso vem ocorrendo com o vinho e outros produtos agrícolas devido os acordos da OMC sobre a liberalização da agricultura, que a Suíça também assinou. As subvenções estão sendo reduzidas e as cotas de importação estão aumentando.

Safras abundantes

Os vinicultores consideram a concorrência desleal devido os custos de produção mais elevados na Suíça, principalmente da mão de obra, e reinvindicam redução das cotas de importação.

Nos últimos anos, os produtores se esforçam para melhorar a qualidade do vinho suíço limitando a produção, variando no plantio do vinhedo e apurando técnicas de vinificação. Tudo isso é neutralizado, afirmam, pelo aumento das cotas de importação. Em média, importa-se 1 litro e meio para 1 litro de produção nacional. Os produtores querem 1 por 1.

Menos consumo, maior importação e boas safras nos últimos anos fizeram aumentar os estoques provocando a queda dos preços. Para evitar isso, os vinicultores reivindicam subsídios para reduzir estoques, maior incentivo para o mercado interno e para as exportações.

Os vinhos suíços ocupam 41,2% do mercado nacional.

swissinfo com agências


Links

×