Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Zurique em crise muda o técnico

O ex-treinador da seleção suíça Gilbert Gress assume um novo desafio como treinador do FC Zurique. O clube está mal no torneio de acesso e corre o risco de ser rebaixado para a segunda divisão. Polêmico mas respeitado, Gress foi dispensado da seleção.

"Sei que vai ser mais um desafio, mas também sei que ninguém troca de técnico quando o time vai bem". A afirmação é de Gilbert Gress, um dos mais polêmicos e respeitados técnicos do futebol suíço, ao assumir o cargo no FC Zurique. Gress ja ganhou vários títulos de campeão suíço, principalmente no NeXamax.

"O gramado já estava me fazendo falta", afirmou Gress, referindo-se à sua saída tempestuosa da seleção suíça. Ele era apreciado por jogadores e dirigentes mas não chegou a um acordo sobre a renovação do contrato. Daí foi colocado na geladeira pela Associação Suíça de Futebol, até terminar o contrato. O novo técnico da seleção suíça, a partir de julho, será o argentino Enzo Trossero.

Gress assume o FC Zurique numa situação muito delicada. O segundo clube da capital econômica da Suíça (depois do Grasshopper) não se classificou para a disputa do título, na fase final do campeonato. Está portanto disputando o torneio de acesso, que reúne os 4 últimos da primeira divisão e os 4 primeiros da segunda. Mas o FC Zurique está em sexto lugar atualmente e, se não reagir rapidamente, poderá cair para a segundona.

swissinfo com agências.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.