Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Ar puro Fumar será proibido nas estações suíças

A Companhia Ferroviária Federal da Suíça pretende proibir de fumar em todas as estações em dezembro de 2018. Até lá, várias zonas não-fumantes serão testadas ao redor do país.

Women smoking

Os não-fumantes esperam poder embarcar num trem sem passar por nuvens de fumaça

(Keystone)

A companhia de trens planeja introduzir as mudanças juntamente com o novo cronograma em dezembro, de acordo com um documento citado no jornal “Neue Zürcher Zeitung” na quarta-feira passada.

Em uma fase de teste de 12 meses, serão examinadas três opções para não fumantes: uma estação totalmente livre de fumo; zonas para fumar nas plataformas; “lounges” para fumantes. Os locais e detalhes exatos dos testes ainda não foram decididos, disse a porta-voz da CFF, Franziska Frey, que confirmou que "cinco ou seis" estações estariam envolvidas.

Além disso, a companhia pretende também consultar a opinião dos usuários em relação à medida antitabaco.

Fumar nas estações é uma questão constante nas pesquisas realizadas com os passageiros, de acordo com a Companhia Ferroviária Federal.

Fumar nos trens foi proibido em dezembro de 2005, mas comparado com as estações de outros países europeus, as da Suíça têm regulamentos muito liberais com relação ao tabagismo. Por exemplo, é completamente proibido fumar nas estações da França, Itália, Áustria, Holanda, Bélgica e Espanha. Na Alemanha e na Noruega, pode-se fumar apenas em áreas designadas nas plataformas.

Fumantes saem caro para companhia de trens

O pessoal da limpeza da Companhia Ferroviária Federal (CFF) tem que remover as pontas de cigarro dos trilhos à mão. Na estação principal de Zurique, eles enchem um saco de lixo de 110 litros todos os dias. (SRF/swissinfo.ch)


Adaptação: Fernando Hirschy, swissinfo.ch

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×

Destaque