Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Dia Internacional do Idoso Os idosos também têm direito a um futuro

Casal de idosos caminha numa praia

O sistema suíço de aposentadoria é sólido, mas necessita de modificações para compensar o envelhecimento da sociedade.

(Keystone)

No Dia Internacional do Idoso, as Nações Unidas apelam à tomada de medidas para combater as desigualdades que afetam milhões de pessoas em todo o mundo devido à sua idade. A Suíça partilha também desta preocupação.

"Para construir o futuro que queremos, devemos considerar que até 2030 a população acima de 60 anos pode chegar a 1,4 bilhão", adverte a ONULink externo. Qual é a situação atual? Eis o quadro que se esboça da Terceira Idade na Suíça e no mundo, através de alguns fatos e números.

Dia Internacional do Idoso 2019

Aqui termina o infobox

Com o tema "Viagem para a igualdade de idades", a organização procura sobretudo sensibilizar para as desigualdades na velhice, para a forma como estas refletem a soma das desvantagens ao longo da vida e o risco intergeneracional que representam. "Não vamos deixar os nossos anciãos para trás", é o lema da campanha. diz ele.

Demografia

Aqui termina o infobox

No mundo, quase um bilhão de pessoas têm mais de 60 anos de idade. Até 2050, haverá 2 bilhões, mais de 20% da população. Em 2018, pela primeira vez na história, essa população superou a de crianças menores de cinco anos.

Na Suíça, 1,5 milhão de pessoas têm 65 anos ou mais. Prevê-se que em 2045 haverá mais de 2,7 milhões. Este sector passará de 18% da população em 2016 para cerca de 27%. A população octogenária de meio milhão em 2016 será de mais de um milhão nos próximos 30 anos.

Esperança de vida

Aqui termina o infobox

Globalmente, o índice de esperança de vida ao nascer, que aumentou de 64,2 anos em 1990 para 72,6 anos em 2019, é estimada em 77,1 anos em 2050. Em 2019, a taxa nos países menos desenvolvidos é 7,4 anos inferior à média mundial.

A Suíça é um dos países do mundo com maior expectativa de vida: em 2016, era de 81,5 anos para homens e 85,3 para mulheres. A esperança de vida com boa saúde era de 67,7 anos para os homens e 67,9 anos para as mulheres em 2012.

Sistema de previdência social

Aqui termina o infobox

En todo o mundo, diminui a relação de apoio potencial, que compara o número de pessoas economicamente ativas com as pessoas com mais de 65 anos. O Japão, com uma razão de 1,8, apresenta a mais baixa do mundo. Outros 29 países, principalmente na Europa e no Caribe, já têm razões de apoio potenciais inferiores a três.

Na Suíça, o sistema de previdência baseia-se no princípio dos três pilares. Previdência social obrigatória, previdência profissional e previdência individual. Mas o sistema previdenciário suíço tem que lidar com o envelhecimento da população, o aumento da expectativa de vida e uma baixa taxa de natalidade.

Pobreza

Aqui termina o infobox

Globalmente, os dados registados pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) sobre as aposentadorias mostram que 12,6% das pessoas com mais de 65 anos vivem na pobreza.

Na Suíça, as taxas de pobreza e de risco de pobreza são quase duas vezes mais elevadas entre as pessoas com 65 anos ou mais do que entre as pessoas em idade ativa. A sua renda, essencialmente os rendimentos mensais, muitas vezes não são suficientes para cobrir as suas necessidades vitais. A introdução do segundo pilar em 1985 melhorou as condições para os aposentados. Eles podem a partir de então contar com a renda do AVS (AHV em alemão, o primeiro pilar) mais o montante da nova prestação. No entanto, os mais velhos dispõem apenas do AVS, ou seja, cerca de 300.000 pessoas dum total de 500.000.


Discriminação (idadismo)

Aqui termina o infobox

Globalmente, a pesquisa World Values Survey, avalizada pela Organização Mundial de Saúde e conduzida entre mais de 83 000 pessoas em 57 países, avaliou as atitudes em relação aos idosos em todos os grupos etários. Na opinião de 60% dos inquiridos, os idosos não têm o respeito que merecem. Este problema é mais pronunciado nos países de rendimento elevado, onde o grau de respeito por este grupo etário é mais baixo.

Na Suíça, organizações representativas dos interesses dos idosos formaram a Aliança contra a Discriminação em razão da Idade para lançar uma iniciativa de cidadania que apela à proibição da discriminação em razão da idade, e a uma série de outras medidas para a eliminar - assim como ao direito a uma indenização adequada em caso de violação dessa norma.


Fontes: Departamento Federal de Estatísticas (Envelhecimento e PopulaçLink externoão); ONU (Dia Internacional do IdosoLink externoConstruyendo nuestro futuroLink externo); OIT(Informe Mundial sobre la protección SocialLink externo); OCDE (Pobreza); OMS (EdadismoLink externo)


swissinfo.ch/ets

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.