Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Ecologia Os mergulhadores que recuperam dejetos

Céu azul, reflexo das montanhas na água: os lagos suíços são paisagens idílicas, atrações turísticas, mas também...depósitos de lixo. Essa triste realidade leva agora um grupo de mergulhadores a dedicar o seu tempo livre à proteção ambiental e tentar solucionar o problema.

Em alguns anos, os membros da associação SUATLink externo já retiraram dos lagos milhares de toneladas de lixo. São baterias de carros, motocicletas, bicicletas, móveis, refrigeradores, pneus, geladeiras, latas de alumínio, garrafas plásticas ou de vidro, dentre outros.

"Até oitenta por cento do lixo são garrafas e outros tipos de dejetos que as pessoas jogam na água", explica Thomas Niederer, presidente e fundador da SUAT. "Para mim, o pior são as milhões de guimbas de cigarro que terminam no fundo da água e envenenam os peixes."

Thomas Niederer fundou sua associação em 2010. Ela cresceu nos últimos anos para chegar até três seções, com 50 membros ativos cada uma. Regularmente os grupos de trabalho recebem a ajuda de vinte mergulhadores "convidados". Há quatro anos foi criado um grupo semelhante na Áustria.

"Enquanto isso, a colaboração com os serviços públicos funciona bem", acrescenta Thomas Niederer. Não foi o caso no início, mas as autoridades comunais e os serviços cantonais estão hoje nos ajudando. "As comunas nos disponibilizam os latões e também obtemos sem problema as autorizações especiais para que os veículos possam chegar até às margens do lago."

(Fotos: Dominic Büttner/Lunax em Hergiswil, às margens do lago dos Quatro Cantões, cantão de Nidwald; texto: Andreas Keiser/swissinfo.ch)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.