Direto para o contenido
Your browser is out of date. It has known security flaws and may not display all features of this websites. Learn how to update your browser[Fechar]

Fama


Roger Federer tem sua primeira rua na Suíça


Por swissinfo com agências


 Outras línguas: 2  Línguas: 2

A Alameda Roger Federer foi batizada na cidade de Bienne, no cantão de Berna, onde o tenista morou e treinou na adolescência.

Alameda Federer, em alemão e francês. Bienne é uma cidade bilíngue.  (Keystone)

Alameda Federer, em alemão e francês. Bienne é uma cidade bilíngue. 

(Keystone)

Não é o lugar mais bonito da cidade, mas para Roger Federer entre 1997 e 2000 era o paraíso. Dos 16 anos 20 anos, a futura celebridade do tênis morou ali perto de um campo de futebol. Conheceu também os congestionamentos na entrada da cidade, pois treinava na cidade vizinha de Soleure, no Centro Nacional do Tênis. Era a época dos amigos, de encontros e escolhas que decidem uma carreira. Foi ali também que ele alugou seu primeiro apartamento.

Quinta-feira (21), Federer voltou ao lugar para inaugurar a placa da alameda com seu nome, em francês e alemão, pois Bienne é uma cidade bilíngue. Seus pais e uma de suas filhas e outras 1.500 pessoas estavam presentes. “Uma tal manifestação não teria sentido se todos vocês não estivessem aqui”, declarou Federer. Ele disse estar honrado e emocionado com a homenagem.

Aos quase 35 anos (que completará em agosto), Federer já tem uma ponta de nostalgia. “É sempre agradável voltar aos lugares de seu passado, quando eles continuam a existir”, disse o atual n° 3 mundial.

“Já me ocorreu de recusar que uma praça morta tenha meu nome porque não tinha ligação nenhuma comigo. É preciso ter um sentido”, explicou Roger Federer. Ele também tem um nome de rua na Alemanha. “É uma ruazinha de 100 metros que leva ao torneio de Halle. Mas a Alemanha não é a Suíça. Aqui é muito mais forte. E foi em Bienne que eu comecei minha vida de adulto”. 

swissinfo.ch and agencies

Direitos Autorais

Todos os direitos reservados. O conteúdo do site da swissinfo.ch é protegido por direitos autorais. Ele é destinado apenas para uso privado. Qualquer outro uso do conteúdo do site além do uso acima estipulado, especialmente no que diz respeito à distribuição, modificação, transmissão, armazenagem e cópia, requer a autorização prévia por escrito da swissinfo.ch. Caso você esteja interessado em algum desses tipos de uso do conteúdo do site, entre em contato conosco através do endereço contact@swissinfo.ch.

No que diz respeito ao uso para fins privados, só é permitido o uso de hyperlink para um conteúdo específico e para colocá-lo no seu próprio site ou em um site de terceiros. O conteúdo do site da swissinfo.ch só poderá ser incorporado em um ambiente livre de publicidade sem quaisquer modificações. Especificamente aplicável a todos os softwares, pastas, dados e seus respectivos conteúdos disponibilizados para download no site da swissinfo.ch, uma licença básica, não exclusiva e não transferível é concedida de forma restrita a um único download e gravação de tais dados em dispositivos privados. Todos os outros direitos permanecem sendo de propriedade da swissinfo.ch. Em especial, proíbe-se qualquer venda ou uso comercial desses dados.

×