Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Histeria anti-vacina O sarampo está de volta à Suíça, e avançando

Garota com sarampo, suas costas cheias de pintas vermelhas

Foram já registradas 23 epidemias de sarampo em nove cantões suíços desde o começo do ano. (Keystone /Urs Flueeler)

(Keystone/Urs Flüeler)

Já foram comunicados neste ano três vezes mais casos de sarampo do que em todo o ano de 2018. Olhando para o quadro geral, no entanto, os números são ainda relativamente baixos. 

Desde o início de 2019 até 6 de maio, cerca de 166 casos de sarampo foram notificados na Suíça. Isso é mais de três vezes o número de 2018, enquanto no mesmo período do ano passado, apenas 21 casos foram notificados.  

Isso representa um aumento na taxa de incidência de 2,5 (2018) para 19,5 (2019) casos por milhão de habitantes.  

Até o momento, cerca de 62% dos casos são endêmicos na Suíça, 14% eram importados, 8% estavam relacionados ao sarampo importado e 16% não puderam ser classificados, segundo o Departamento Federal de Saúde PúblicaLink externo (FOPH). 

Mas, apesar do elevado número de casos em comparação com os últimos cinco anos, a situação ainda não é alarmante. O número de casos de sarampo em 2019 ainda é muito inferior ao de 2009 e 2011.  

measles cases

measles cases over the years

Há pouco mais de uma semana, a FOPH anunciou que haviam sido registradas duas mortes por sarampoLink externo. A primeira foi de um homem de 30 anos, que não foi vacinado e foi infectado por membros da família. Uma tentativa de vacinar depois de ter sido infectado não teve sucesso e o homem morreu pouco depois. 

O segundo caso foi de um homem de 70 anos que tinha câncer. Não se sabe como o homem contraiu a doença. Ele morreu no hospital poucos dias depois do início da pneumonia induzida pelo sarampo. 

Metas de vacinação 

A situação atual na Suíça é "frágil", descreveu a FOPH. A erradicação do sarampo só pode ser alcançada se pelo menos 95% das crianças e todos os adultos nascidos após 1963 tiverem sido vacinados com duas doses. A atual taxa de vacinação no país é de 94% e continua a aumentar. 

Na Suíça, a vacinação contra o sarampo não é obrigatória e não existem planos de vacinação obrigatória, como na Itália e na França. 

vaccination rate

Vaccination rate

Medidas adicionais 

De acordo com o FOPH, os grandes surtos de sarampo nos cantões de Neuchâtel e Berna mostraram que são necessárias medidas adicionaisLink externo para além da vacinação para evitar a propagação da doença. Um exemplo é a identificação das pessoas que contraíram o sarampo. 

Também é importante excluir as crianças não vacinadas das escolas, aumentar a vacinação em ambientes onde há pessoas doentes e vacinar pessoas não vacinadas imediatamente após a exposição a alguém com sarampo. 

Além disso, qualquer viajante que esteja em um avião com alguém que tenha contraído sarampo deve ser informado de que foi exposto e tomar outras medidas necessárias. 

O sarampo é uma doença viral altamente contagiosa que se espalha através de gotículas no ar, muitas vezes devido a tosse ou espirros. Complicações associadas à doença, como pneumonia e encefalite, também podem surgir. A nível mundial, a Organização Mundial de SaúdeLink externo informou que os casos de sarampo aumentaram 300% nos primeiros três meses de 2019, em comparação com o mesmo período em 2018. 



swissinfo.ch/ets

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.