Navegação

Menu Skip link

Subsites

Funcionalidade principal

Medidas antiterrorismo Farmácias informarão sobre suspeitos de fazer bombas

As farmácias suíças foram alertadas para vigiar qualquer atividade considerada potencialmente terrorista, seja nos gestos ou compras dos consumidores.

A polícia federal indicou 15 substâncias encontradas nas farmácias que podem revelar possíveis terroristas. 

A polícia federal indicou 15 substâncias encontradas nas farmácias que podem revelar possíveis terroristas. 

(Keystone)

Se alguém apresentar um comportamento suspeito numa farmácia - por exemplo, pagando em dinheiro por uma quantidade acima do normal de determinadas substâncias - o atendente deve fornecer às autoridades todos os detalhes possíveis.

Produtos químicos como nitratos e peróxido de hidrogênio são encontrados em desinfetantes, fertilizantes ou herbicidas e, em grandes quantidades, podem ser usados para fabricar explosivos.

Os farmacêuticos na União Europeia são obrigados desde 2014 a relatar comportamentos ou compras suspeitas. O governo suíço, temendo que a Suíça seja vista como uma alternativa aos potenciais terroristas - já que o país não faz parte da UE - pediu ao Ministério da Justiça que estabeleça regulamentos para limitar o comércio das chamadas substâncias precursoras, as que podem ser usadas para outros fins, como entorpecentes, ou neste caso, explosivos.

Em setembro, a polícia federal suíça (Fedpol) organizou um colóquio com representantes de vários ramos da indústria para discutir como esses produtos químicos poderiam ser regulamentados na Suíça e como seu abuso poderia ser dificultado.

"Os diversos setores expressaram sua abertura para conscientizar seus membros sobre os riscos das substâncias precursoras relacionados aos explosivos", disse a porta-voz da Fedpol, Lulzana Musliu.

Em um folheto informativo recentemente enviado à Pharmasuisse, a organização central da indústria farmacêutica, a Fedpol pediu aos farmacêuticos que ficassem atentos e deu dicas para ajudar a detectar comportamentos suspeitos.

O folheto também listou 15 precursores químicos, tais como ácido sulfúrico e peróxido de hidrogênio.


Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português


Adaptação: Fernando Hirschy, swissinfo.ch

×