Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Processo Eternit: 16 anos de prisão para ex-fabricantes

O juiz Giuseppe Casalbore, do tribunal de Turim, lê a condenação.

(AFP)

O tribunal de Turim condenou nesta segunda-feira a 16 anos de prisão os dois acusados no julgamento do amianto na Itália, o ex-proprietário do grupo suíço Eternit, Stephan Schmidheiny, e um administrador da filial italiana, o barão belga Jean-Louis Marie Ghislain de Cartier de Marchienne.

O suíço Stephan Schmidheiny, 65 anos, e o barão belga, 90 anos, foram declarados responsáveis pela morte de cerca de 3 mil pessoas na Itália, ex-funcionários ou moradores de quatro localidades onde a Eternit Itália tinha suas fábricas de 1976 a 1986.

O processo, que começou em dezembro de 2009 em Turim e reuniu mais de 6 mil denunciantes, é também o primeiro com caráter penal: as vítimas do amianto, que, como na França, exigem a organização de um processo similar, esperam com isso abrir um precedente.

Schmidheiny e Cartier de Marchienne, condenados à revelia, são considerados pela promotoria após uma investigação de cinco anos como os responsáveis pela gestão de Eternit Itália, e foram acusados de ter provocado "uma catástrofe sanitária e ambiental permanente" e de ter violado as regras de segurança do trabalho.

O amianto, utilizado por décadas como um material milagroso, foi proibido em toda a União Europeia em 2005 quando entrou em vigor uma diretriz de 1999, e agora luta-se por uma proibição mundial com o objetivo de que o drama não continue nos países em desenvolvimento (AFP).

Amianto

O asbesto também conhecido como amianto, é uma designação comercial genérica para a variedade fibrosa de sais minerais metamórficos de ocorrência natural e utilizados em vários produtos comerciais.

Trata-se de um material com grande flexibilidade e resistências tênsil, química, térmica e elétrica muito elevadas e que além disso pode ser tecido.

O material é constituído por feixes de fibras. Estes feixes, por seu lado, são constituídos por fibras extremamente finas e longas facilmente separáveis umas das outras com tendência a produzir um pó de partículas muito pequenas que flutuam no ar e aderem às roupas.

As fibras podem ser facilmente inaladas ou engolidas podendo causar graves problemas de saúde. (Texto: Wikipédia em português)

Aqui termina o infobox

swissinfo.ch com agências

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.