Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

120 mil crianças procuram lugar na creche

Vida difícil para famílias: apenas 40% da demanda de creches é suprida.

(Keystone)

Segundo uma pesquisa realizada em âmbito nacional, existe uma carência grave de vagas em creches para crianças em idade pré-escolar na Suíça. A demanda deve aumentar nos próximos anos.

Mais de 50 mil vagas precisariam ser abertas. A oferta atual de 30 mil deixa muitas famílias na mão.

O Fundo Nacional Suíço da Pesquisa Científica (FNS, na sigla em francês) publica pela primeira vez um estudo sobre as carências atuais do sistema pré-escolar na Suíça.

Em Berna, seus especialistas organizaram uma mesa-redonda para debater o problema e responder a algumas questões.

Renda familiar

Vários fatores são determinantes, segundo o FNS: a demanda por vagas em creches cresce proporcionalmente ao nível de renda da família, aumentando em 5,6% quando o salário aumenta em 10%. Ela diminui se as mensalidades das creches aumentam: a elevação dos preços em 10% significa uma baixa de 12% da demanda.

A probabilidade de ir para uma creche aumenta para a criança também com a idade e o nível de formação educacional da mãe. Ela diminui fortemente se o pai assume um papel ativo na guarda dos filhos ou se os irmãos mais velhos vivem com crianças em idade pré-escolar.

Os autores da pesquisa supõem que as mães ficam em casa nessas situações. Eles revelam também problemas graves na guarda de crianças da escola primária na Suíça.

Aumento da demanda

Os dados recolhidos permitiram descobrir uma dúzia de fatores determinantes para a demanda. Estes permitiram aos pesquisadores de desenvolver um modelo de simulação para calcular cenários sobre as necessidades atuais e futuras no setor de creches.

Assim, eles calculam que a demanda por vagas nas creches irá aumentar em 21% até 2015, mas isso só se o país tiver crescimento econômico e demográfico positivo.

Se as estruturas de apoio à família fossem totalmente subvencionadas, a demanda aumentaria então em 27%. O modelo de simulação já foi aplicado em diversos cantões e comunas suíças para se obter estimativas regionais e locais da demanda.

Apelo aos políticos

Os resultados do estudo vão contribuir com o debate político no país sobre a família. Atualmente, a demanda por vagas em creches continua muito grande, sobretudo em cidades como Zurique e Basiléia. Porém os governos alegam falta de recursos para investir na criação de mais instituições e subvenção das vagas.

Para seus autores, a pesquisa mostra aos políticos e empresários suíços a "necessidade de melhorar a oferta atual de creches". A justificativa é que essa decisão ajuda as famílias e reflete beneficamente, enfim, na própria economia do país.

swissinfo com agências

Fatos

Apenas 40% da demanda por espaços para crianças em idade pré-escolar é atendida na Suíça.
Segundo a pesquisa do FNS, faltam 50 mil vagas nas creches.
A demanda deve aumentar em 21% até 2015.

Aqui termina o infobox

Breves

- "A pesquisa foi realizada graças a um programa nacional de pesquisas intitulado "Infância, juventude e as relações entre gerações numa sociedade em mutação", coordenado por várias entidades, dentre elas a Universidade da Suíça Italiana".

- Ela é baseada num questionário aplicado em todas as regiões do país e respondido por 750 famílias com crianças em idade pré-escolar.

Aqui termina o infobox


Links

×