Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

A maior cachoeira suíça como argumento de marketing

As Cataratas do Reno, as maiores da Suíça em volume de água.

(Keystone)

Nem sempre é claro qual é a maior cachoeira da Suíça. Tudo depende da definição. De qualquer forma, as cataratas desempenham um papel importante no marketing do país.

"A alma humana é como a água: ela vem do céu e volta para o céu, e depois retorna à Terra, num eterno ir e vir", escreveu o poeta alemão Johann Wolfgang von Goethe (1749-1832).

Seu poema "Canção dos espíritos sobre as águas", inspirado na cascata Staubbachfall, de 297 metros de altura, a principal atração turística do vale Lauterbrunnen, nos Alpes bernenses, posteriormente recebeu uma versão musical do compositor austríaco Franz Schubert (1797-1828).

O vale de Lauterbrunnen, que já no século 13 era chamado de Claro Fonte por causa de suas cachoeiras e rios claros, faz publicidade turística como "Vale das 72 cataratas". O material publicitário, porém, não confirma se isso é um recorde.

O nome Staubbachfall refere-se às gotas de água que, após se chocarem com as rochas, são dispersas pelo vento como uma nuvem de poeira. Assim como aconteceu com Goethe em sua visita ao vale em 1779, este espetáculo natural fascina os turistas até hoje.

Muitas crianças suíças aprenderam na escola que a Staubbachfall é a cachoeira mais alta do país. Mas parece que os livros de geografia precisam ser reescritos.

Acesso ao inacessível

Os geógrafos e especialistas em cachoeira Florian Spichtig e Christian Schwick passaram vários anos examinando as cataratas da Suíça. Em 2007, eles publicaram o livro de fotos "Cachoeiras da Suíça", que apresenta as 129 quedas d'água mais espetaculares do país.

A pesquisa a destronou e rebaixou à terceira posição. "Nem toda cachoeira pode ser a mais alta ou a maior. Tudo depende da definição que se usa", explica Spichtig à swissinfo.ch.

Não surpreende que o reconhecimento dos rivais da catarata de Staubbach tenha levado tanto tempo. Supunha-se que as quedas de Seerenbach, no cantão de Sankt Gallen, no nordeste da Suíça, fossem maiores, mas medir uma cachoeira não é fácil.

As quedas de Seerenbach consistem em uma cascata de três degraus. Embora a altura total de 585 metros fosse conhecida, a altura exata da parte intermediária permaneceu um segredo até que os dois geógrafos decidiram medi-la.

"Tivemos que descer a catarata presos a cordas. Somente dessa maneira pudemos medi-la. Concluímos que ela mede 305 metros e, portanto, é 8 metros mais alta do que a Staubbachfall", diz Spichtig.

Correção da correção

Mas, já em 2009, o título de "cachoeira mais alta na Suíça" passou para a catarata de Mürrenbach, também localizada no vale Lauterbrunnen.

"Descobrimos que tínhamos cometido um erro na nossa primeira definição", admite Spichtig. Em suas investigações iniciais, os geógrafos tinham classificado a Mürrenbachfall como queda em cascata, com vários metros de água na horizontal entre cada degrau.

Uma inspeção minuciosa revelou que eles tinham se enganado e que não havia um plano horizontal, como haviam imaginado, conta Spichtig. Para ter certeza, eles fizeram medições a partir de três posições e concluíram que a Mürrenbachfall tem 417 metros de altura.

Staubbachfall: maior cachoeira em queda livre

No entanto, a Staubbachfall não perdeu completamente sua fama. "A Staubbachfall é a maior cachoeira em queda livre. Isto significa que uma parte da água cai nas profundezas sem tocar nas pedras antes de chegar ao fundo", enfatiza Spichtig.

Comparar tantos tipos diferentes de cachoeiras é difícil. Ainda assim, tornou-se mais fácil fazer as medições quando se chega à posição correta.

"Temos um equipamento a laser que pode medir a uma distância de até 1200 metros." Ele possui um dispositivo para medir ângulos, que indicam a inclinação.

"Com ele, podemos estar em um ponto sob uma cachoeira e de lá medir para cima e para baixo. Assim, podemos determinar a altura com precisão de até 0,5 m", descreve Spichtig.

Cataratas do Reno são as maiores

A altura da torrente, porém, não é o único critério para medir uma cachoeira. Em volume de água, as Cataratas do Reno, com apenas 23 metros de altura, mas 150 metros de largura, perto de Schaffhausen, na fronteira com a Alemanha, são as maiores da Suíça.

O espetáculo natural é mais impressionante no verão, quando a vazão é de cerca de 600 mil litros de água por segundo. A maior vazão já registrada foi medida em 1965: 1,250 milhão de litros por segundo.

As Cataratas do Reno não são apenas as maiores em volume de água da Suíça, mas do continente europeu. Comparadas com as grandes cataratas do planeta, porém, elas são pequenas. A Catarata de Inga, no rio Congo, por exemplo, tem uma vazão 115 vezes maior.

Com mais de um milhão de visitantes do por ano, as Cataratas do Reno são as mais visitadas da Suíça. Já a Staubbachfall detém um recorde pouco palpável: a honra de ter inspirado um dos maiores poetas de todos os tempos.

Julia Slater, swissinfo.ch
(Adaptação: Geraldo Hoffmann)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×

Destaque