Navigation

Barco suíço obtém vitória histórica

Vencendo por 5 a 0, Alinghi mostrou que era muito superior ao New Zeland. www.alinghi.com

Os suíços do Alinghi conquistaram a Copa da América, o mais antigo troféu esportivo do mundo. A vitória sobre o Team New Zeland, detentor do título, tem vários aspectos inéditos.

Este conteúdo foi publicado em 02. março 2003 - 03:15

O troféu volta para a Europa, e para um país que não mar, depois de 152 anos.

O feito é realmente histórico. Ao derrotarem os neozelandeses, detentores do título, por cinco regatas a zero, os suíços do Alinghi conquistaramm o mais prestigioso troféu do mundo da vela.

27 vitórias dos EUA

A história da competição começa em 1851. Os ingleses preparavam a exposição universal e decidiram organizar uma corrida entre iate-clubes. A vitória coube ao Iate-Clube de Nova York, que decidiu colocá-lo em jogo em 1857. Surgiu assim a Copa da América, mais antigo troféu que ainda é disputado.

Em 30 edições da Copa, os Estados Unidos ganharam 27, a Nova Zelândia duas e a Austrália ganhou uma vez. O 31° título é dos suíços, inscritos na Sociedade de Regatas de Genebra, já que a competição continua sendo entre clubes, como estipula o regulamento.

Para o barco suíço Alingh, as provas começaram em outubro nas eliminatórias que culminaram com a conquista da Copa-Louis Vuitton que dá direito a enfrentar o dententor do troféu, no caso a Nova Zelândia.

Dinheiro e profissionalismo

A Copa da América, no entanto, é hoje uma prova que exige muito dinheiro e profissionalismo. No caso do Alinghi, 4 patrocinadores pagaram 100 milhões de francos suíços e o iniciador do projeto, o milionário empresário Ernesto Bertarelli (37 anos), apaixonado por vela, entrou com 40 milhões do próprio bolso.

Esses recursos permitiram inclusive a contratação de 7 navegadores neozelenses, entre eles o skipper Russel Coutts, que já ganhou a Copa duas vezes. Além de grandes marinheiros, eles conhecem perfeitamente a baía de Auckland, onde foram disputadas as regatas.

7 velejadores suíços também fazem parte da equipe Alinghi, que conta com membros de 15 nacionalidades.

A vitória do Alinghi também é uma vitória da tecnologia de ponta suíça. 4 laboratórios da Escola Politécnica de Lausanne trabalharam na concepção do barco e nos testes de materiais.

swissinfo

Breves

- Prova começou em 1851, na Inglaterra
- Foi vencida pelo Iate Clube de Nova York e ficou conhecida como Copa da América
- Em 30 edições, EUA tem 27 vitórias, Nova Zelândia 2 e Austrália 1
- Vitória da Suíça é a primeira da Europa
- Alinghi tem 7 navegadores neozelandeses e 7 suíços
- 4 laboratórios da Politécnica de Lausanne participaram do projeto de construção do Alinghi.

End of insertion

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?