Perspectivas suíças em 10 idiomas

Cientistas inventam laser que detecta poluição

Eirini Tagkoudi, Camille Brès and Davide Grassani, authors of the laser study
Eirini Tagkoudi, Camille Brès e Davide Grassani, autores do estudo EFPL 2019

Pesquisadores em Lausanne desenvolveram uma fonte laser simples de infravermelho médio que pode ser usada para detectar poluição no ar ou moléculas na respiração de alguém.

A nova tecnologia, desenvolvida por cientistas da Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL), consiste em um laser com um chip fotônico medindo apenas alguns milímetros, que pode caber em uma maleta.

A pesquisa foi publicada recentemente na Nature CommunicationsLink externo.

Para criar o dispositivo compacto, a equipe combinou um laser de fibra disponível comercialmente com um chip de guia de ondas micrométrico para gerar ondas de luz no espectro infravermelho médio. Eles então adicionaram um espectrômetro para demonstrar o potencial desta fonte de luz, detectando com sucesso a presença e concentração de acetileno, um gás incolor e altamente inflamável.

O espectro infravermelho médio utilizado permite aos cientistas detectar uma variedade de partículas no ambiente, gases de efeito estufa ou até mesmo a respiração humana.

“Este dispositivo estabelece um novo padrão de eficiência”, disse o pesquisador da EPFL, Davide Grassani. “Esta é a primeira vez que alguém criou uma fonte de laser espectroscópica totalmente integrada. Ela elimina o processo meticuloso de alinhar precisamente todas as partes em um sistema de laser convencional.

A descoberta abre o caminho para tecnologias de infravermelho médio miniaturizadas.

“Depois que desenvolvermos o sistema ainda mais, poderemos ver detectores on-chip que os cientistas poderão facilmente levar a campo”, disse Camille Brès, coordenadora do projeto e chefe do Photonic Systems Laboratory, pertencente à Escola de Engenharia da EPFL.


Mostrar mais
50 years EPFL

Mostrar mais

EPFL marca 50 anos de progresso científico

Este conteúdo foi publicado em Regularmente classificada entre as 25 melhores universidades do mundo, a EPFL gerou várias descobertas de valor científico ou comercial. Por exemplo: O mouse de computador (final da década de 1970): desenvolvido no laboratório de Jean-Daniel Nicoud, o mouse suíço foi um sucesso graças ao design ergonômico, presente desde o início. A invenção levou à criação…

ler mais EPFL marca 50 anos de progresso científico

swissinfo.ch/fh

Preferidos do leitor

Os mais discutidos

Notícias

imagem

Mostrar mais

Suíços italianos aceitam melhor a idade

Este conteúdo foi publicado em Envelhecer parece ser muito mais importante para os residentes da Suíça de língua italiana do que no resto do país, revela uma pesquisa.

ler mais Suíços italianos aceitam melhor a idade
imagem

Mostrar mais

Economia suíça recebe impulso da Europa

Este conteúdo foi publicado em De acordo com o Instituto Econômico Suíço KOF, a esperada recuperação da economia suíça logo se tornará realidade.

ler mais Economia suíça recebe impulso da Europa
imagem

Mostrar mais

Explosão em estacionamento causa dois mortos na Suíça

Este conteúdo foi publicado em As explosões, que começaram em um estacionamento subterrâneo, levaram a um grande incêndio e à necessidade de evacuar os residentes de um edifício.

ler mais Explosão em estacionamento causa dois mortos na Suíça

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR