Governo expande esforços contra doenças animais

Entre as medidas previstas, o governo pretende vacinar todo o gado do país contra dermatite nodular contagiosa Keystone

O governo decidiu intensificar os esforços para prevenir a disseminação de doenças animais na Suíça.

Este conteúdo foi publicado em 25. abril 2018 - 17:12

Anunciou-se  que “medidas necessárias” podem ser tomadas para combater a possível transmissão de tuberculose ao gado suíço por cervos contaminados na vizinha Áustria.

O governo também aprovou uma campanha de vacinação para o gado contra dermatite nodular contagiosa, conforme um comunicado oficial (em francês / alemão) na quarta-feira.

Em uma medida adicional, o governo concordou em estender um banco nacional de dados de animais para incluir ovelhas e cabras. Os detentores de tais animais devem notificar as autoridades de nascimentos, mortes, importações, exportações e vendas.

A maioria das novas medidas deve entrar em vigor em junho. O imposto de registro será introduzido até 2020.

Um sistema semelhante está em vigor para os bovinos desde 2000. Mais tarde foi estendido para incluir cavalos, burros e porcos. Há quatro anos, tornou-se obrigatório registrar o abate de aves, ovelhas e cabras.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo