Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Como evitar avalanches?

Placas de interdição mostram áreas de risco nas montanhas suíças.

(swissinfo.ch)

Durante o inverno, passear nas montanhas em áreas não marcadas pode trazer riscos imprevisíveis.

swissinfo explica as técnicas usadas pelos especialistas para avaliar os riscos e evitar os perigos das avalanches.

Eveline Winterberger, médica do Serviço de Salvamento nas Montanhas (Rega) é uma suíça como outras: apaixonada por escaladas nas montanhas e esqui.

Porém ela aconselha a todos os turistas que se aventuram por caminhos não marcados nas montanhas dos Alpes: - “Cada pessoa que assume os riscos de um passeio fora das pistas deve fazer um curso de avalanches”.

Os cursos são oferecidos pelo Clube Suíço dos Alpes (SAC), escolas de alpinismo ou guias de montanha.

”Papa” das avalanches

Werner Munter é considerado o “Papa” das avalanches. O suíço desenvolveu um método especial de redução de riscos, onde o potencial de perigo de avalanches pode ser calculado.

Através de probabilidade e análises, o método de Munter é capaz de avaliar o potencial de risco de uma encosta. Esse potencial depende primariamente dos atuais boletins locais de avalanche.

Para cada nível de risco são aplicadas diferentes medidas de precaução. Para cada uma deles, os apaixonados pelas montanhas no inverno podem reduzir o fator de risco. Se ele deixa de passar por uma inclinação de mais de 39 graus, por exemplo, então o perigo de avalanche será menor.

Através da soma dos diferentes fatores, tem-se a formula fácil: “potencial de perigo” dividido por “fatores de redução” é igual ao “risco”.

Outro método: o emissor de sinal

Outro método para sobreviver uma avalanche é um aparelho de procura para soterrados por avalanches (LVS, na sigla em alemão). Segundo os especialistas, ninguém deveria se aventurar nas montanhas fora das áreas marcadas sem o utensílio eletrônico.

Mais de 90% das pessoas que são soterradas pela neve sobrevivem quando são descavadas nos primeiros quinze minutos. Se o socorro ocorre apenas depois de meia hora, então as chances de sobreviver se reduzem pela metade. O “LVS” é um aparelho que envia sinais e ajuda as equipes de salvamento a encontrarem com mais facilidade a vítima de uma avalanche.

“Porém é necessário aprender a lidar com o aparelho”, ressalta a médica Winterberger.

Treinamento

O “Avalanche Training Center” (ATC), uma instituicao privada em Zinal, no cantão do Valais, oferece treinamento para lidar com o aparelho LVS. No seu terreno de cinco mil metros quadrados, localizados 2.500 metros acima do mar, os apaixonados pela neve podem treinar situações de soterramento e socorro.

swissinfo, Etienne Strebel
tradução de Alexander Thoele


Links

×