Navigation

Diploma contra crime econômico

O crime financeiro está também globalizado Keystone Archive

As Universidades suíças de Lucerna, centro do país, e Neuchâtel, oeste, anunciam para junho cursos de pos-graduação de 3 semestres sobre combate a crimes de colarinho branco.

Este conteúdo foi publicado em 01. maio 2001 - 10:33

As duas universidades suíças inovam, lançando esses cursos de 3 semestres, destinados em especial a bancários, securitários e funcionários. Eles incluem matérias sobre criminalidade, economia, negócios, direito e informática.

Suíça é um país particularmente visado, sendo principalmente seus bancos freqüentemente acusados de lavagem de dinheiro. E como os criminosos de colarinho branco são, de modo geral, refinados, considera-se necessário um certo refinamento para combater esse tipo de crime.

A pos-graduação na Universidade de Ciências Aplicadas de Lucerna tem essa preocupação, como disse a swissinfo Markus Wyss, diretor de Instituto de Informática Empresarial da entidade.

Em Lucerna, 100 pessoas já se inscreveram para o primeiro curso. Na sessão de abertura dia 30 de abril, havia 2 delegados de polícia da Áustria e Alemanha interessados em saber se esse ensino seria útil para seus países.

swissinfo

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo