Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Djokovic termina reinado de Federer em Basileia

Por

Depois do tri, Federer foi destronado em sua cidade natal.

(Keystone)

Em sua primeira participação, Novak Djokovic derrotou Federer por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 6/2 na final do 'Swiss Indoors' em Basileia. Assim, o suíço não pode ganhar seu quarto título consecutivo em sua cidade natal.

Depois de dois meses sem jogar, o número um mundial voltou à quadra diante de próprios conterrâneos, que sempre lotaram o ginásio de esportes St. Jakobshalle.

Com a vitória em Basileia, o sérvio conquistou o décimo quinto título de sua carreira e o quarto este ano, depois de Pequim, Belgrado e Dubai.

Ao mesmo tempo, ele impediu Roger Federer de ganhar o quarto título consecutivo em sua cidade natal.

O suíço chegou à final depois de vencer seu conterrâneo Marco Chiudinelli, colega em duplas na Copa Davis. Eles também jogaram juntos em Basileia. Djokovic venceu o checo Radek Stepanek para chegar à nona final deste ano.

O primeiro set da final foi muito equilibrado e Djokovic quebrou o serviço de Federer para marcar 4/5. O décimo game foi disputado intensamente. Ambos venciam seus saques e o desempate parecia impossível. Finalmente Djokovic aguentou a pressão e aproveitou os erros de Federer para vencer o primeiro set por 6/5, em 55 minutos.

O sérvio, número três mundial, começou a ter problemas físicos e teve de ser atendido pelo fisioterapeuta do torneio. Recuperou-se rapidamente e quebrou o serviço de Federer no início do segundo set.

Porém, Federer começou a jogar melhor e mostrou por vezes todo o seu talento, com jogadas que foram ovacionadas pelo público. O suíço ganhou o segundo set por 6/4.

O terceiro set começou com claro domínio de Djokovic que conseguiu uma vantagem de 4 a 0. Federer teve problemas com seu saque e o sérvio jogou com mais confiança. O apoio do público de Basileia incentivou Federer a diminuir a diferença, mas Djokovic não perdeu a calma e acabou vencendo o terceiro set por 6 a 2.

Para encerrar a temporada, Federer disputará na próxima semana o Masters 1000 de Paris, e depois o Masters de Londres, a partir de 22 de novembro.

Calendário 2010

O número um mundial tem 19 torneios planejados para 2010, conforme publicado esta semana em sua própria página na internet.

Federer começa o ano com uma exibição em Abu Dabi, como parte de sua preparação para o primeiro Grand Slam do ano, o Aberto da Austrália, que também inclui uma passagem por Dubai.

Depois, Federer irá aos Estados Unidos para disputar o Indian Wells em Miami, e continuará a temporada no saibro em Roma, em Estoril e Madri, antes de Roland Garros, em Paris.

Posteriormente começará a fase da grama, com o torneio de Halle e depois Wimbledon. Irá ainda a Toronto e Cincinatti, preparando o Aberto dos Estados Unidos.

Shanghai, Basileia e Paris serão seus torneios prévios para a eventual classificação para o Masters de Londres.

Não se sabe ainda se Federer vai participar da Copa Davis contra a Espanha de Rafael Nadal. O encontro será disputado de 5 a 7 de março.

Iván Turmo, swissinfo.ch
(Adaptação: Claudinê Gonçalves)


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×