Perspectivas suíças em 10 idiomas

Empresas devem pagar parte do aluguel dos funcionários que trabalham em casa

home office
Se um empregado aluga ou não um quarto adicional ou um apartamento maior para trabalhar em casa também é irrelevante, de acordo com a decisão do tribunal © Keystone / Christian Beutler

O jornal suíço Tages-Anzeiger informa que a justiça suíça decidiu que os empregadores são obrigados a contribuir no pagamento do aluguel dos empregados que devem trabalhar de casa.

Segundo o jornalLink externo, a decisão do tribunal federal (última instância), que não foi tornada pública, diz respeito a uma empresa de contabilidadeLink externo que havia deixado um empregado trabalhar em casa.

A empresa argumentou que não havia chegado a um acordo com o empregado com antecedência e, portanto, não era obrigada a cobrir parte de seu aluguel. O tribunal rejeitou este argumento e acrescentou que o empregado poderia até mesmo solicitar a indenização do aluguel retroativamente após deixar a empresa.

Se o empregado aluga ou não um quarto adicional ou um apartamento maior para trabalhar em casa também é irrelevante, de acordo com a decisão do tribunal. Os juízes estimaram uma remuneração mensal de CHF150 (US$154) para o aluguel do empregado.

Esta é a primeira vez que o tribunal mais alto da Suíça trata do tema do subsídio de aluguel para funcionários que trabalham em casa. Thomas Geiser, professor de direito trabalhista na Universidade de St. Gallen, disse ao jornal que a decisão não é surpreendente, pois “a lei obriga os empregadores a reembolsar seus empregados por todas as despesas incorridas para realizar seu trabalho”.

Geiser ressalta que a decisão se aplica aos empregados que trabalham em casa, a pedido do empregador. No entanto, os empregados que trabalham em casa por conta própria podem não receber remuneração de aluguel.

Para alguns representantes sindicais isso deixa de fora alguns trabalhadores, que podem não estar contratualmente obrigados a trabalhar de casa, mas podem ser motivados a fazê-lo por uma série de razões. Luca Cirigliano, Secretário Geral da Confederação Suíça de Sindicatos, disse ao jornal que as empresas frequentemente usam estações de trabalho flexíveis para economizar dinheiro no aluguel de escritórios.

É extremamente injusto e ilegal que os empregadores repassem os custos aos funcionários dessa forma, disse Cirigliano.

A decisão vem durante um aumento sem precedentes no chamado “home office” devido à pandemia do coronavírus. Alguns empregadores estão explorando a possibilidade de ampliar a flexibilidade do trabalho e fazer do home office um pilar para alguns funcionários.


Mostrar mais
man working from home

Mostrar mais

Trabalhar de casa vira moda na Suíça

Este conteúdo foi publicado em O “Home Office” foi praticado por 33,7% dos trabalhadores na Suíça no ano passado – 5% o tempo todo, 14% regularmente e 15% ocasionalmente. Os setores que mais funcionaram assim foram o ensino, e a informação e comunicação, com mais de 60% dos profissionais dessas áreas trabalhando de casa pelo menos uma vez ao longo…

ler mais Trabalhar de casa vira moda na Suíça

swissinfo.ch/fh

Notícias

Imagem

Mostrar mais

Mercado brasileiro de café atrai Nestlé

Este conteúdo foi publicado em Por meio de sua marca Nescafé, a empresa está focando especialmente nas necessidades e desejos do mercado jovem.

ler mais Mercado brasileiro de café atrai Nestlé
Imagem

Mostrar mais

FIFA abre portas para sair da Suíça

Este conteúdo foi publicado em A entidade máxima do futebol internacional lançou as bases formais para uma saída teórica de sua sede em Zurique.

ler mais FIFA abre portas para sair da Suíça
Imagem

Mostrar mais

Suíça introduz banco de dados para passageiros aéreos

Este conteúdo foi publicado em A Suíça planeja introduzir um banco de dados para os passageiros de voos para coletar e processar dados pessoais em uma tentativa de combater o terrorismo e crimes graves.

ler mais Suíça introduz banco de dados para passageiros aéreos

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR