Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Escola de "design" ganha renome internacional

Projeto de Francis Chabloz, premiado porque inovador. 

(ecal.ch)

A Escola Estadualo de Arte de Lausanne (ECAL) tornou-se conhecida no mundo do "design". Os alunos lutam para conseguir vaga e multiplicam os prêmios internacionais.

Em dez anos, a ECAL tornou-se uma das melhores da Europa, segundo a imprensa especializada.

A Escola Cantonal de Artes de Lausanne está em alta. Em Londres, dois de seus alunos em comunicação visual acabam de ganhar o prestigioso «Student Awards» da Fundação Design & Art Direction.

Entre 2.500 trabalhos apresentados, o juri escolheu o de Francis Chabloz, um vasilhame na forma de garrafa invertida considerada inovadora.

Quase simultaneamente, em Tóquio, outros dois estudantes da Ecal ganharam o primeiro prêmio do concurso Digital Stadium, promovido pelo canal de televisão NHK.

No projeto "Commotion", carros em miniatura são dirigidos pela voz e, quando saem da pista, o capacete do piloto começa a vibrar.

«Nobel» do design suíço

A lista de prêmios dos alunos do Ecal vai extendendo com o tempo. No final do ano passado, por exemplo, uma das diplomadas ganhou o prêmio da Fundação Loewy, uma espécie de "Nobel" do design suíço.

Esse prêmio visa "posicionar as escolas do país em que a concorrência é cada vez mais acirrada", explicam os organizadores.

"A Ecal está aumentando a pressão sobre as outras escolas suíças (Zurique, Lucerna, Argóvia), confirma Meret Ernst, redatora da revista mensal de design Hochparterre.

«O nível de formação melhorou muito na Suíça. Com a reforma das altas escolas especializadas, elas compreenderam que tinham de elevar o nível para enfrentar a concorrência internacional", afirma a jornalista.

Estudantes perspicazes

E funciona! Referência em matéria de design, a revista mensal britânica Wallpaper escrevia em julho que a Ecal "torna-se o destino predileto dos estudantes perspicazes".

O número de estudantes dobrou nos últimos dez anos e agora a Ecal recusa centenas de candidaturas do mundo inteiro.

No cargo há quase dez anos, o artesão desse sucesso é o diretor Pierre Keller, grande comunicador e agitador de idéias. Para reformar a escola, ele começou por estudar as forças e fraquezas de escolas concorrentes, na França e no norte da Europa.

Outro aspecto é a participação em concursos e feiras internacionais, para impor a reputação ascendente. Dentro de alguns meses, a Ecal estará presente em São Francisco, Santa Mônica e Roma, em exposições, concursos e conferências.

Professores conhecidos

Pierre Keller também soube colocar gente competente à sua volta. Gente conhecida como a estrela ascendente Ronal Bouroullec mas também instituições (escolas de Helsinki e Eindhoven, etc) e, na Suíça, a Escola Politécnica Federal de Lausanne (EFFL), principalmente.

"Para fazer uma boa escola, é preciso bons professores e bons alunos", afirma Pierre Keller. Também é importante a comunicação, a disponibilidade, a competência, as idéias, a capacidade de correr riscos e o direito de errar, que reivindico",

Especialmente eficaz em design industrial e de produtos, a Ecal está cheia de projetos inovadores e colabora com produtores conhecidos de design (Bofi, B&B Itália, Serralunga, Carand'Ache, Team By Wellis, etc)

Mas Pierre Keller também é criticado, particularmente de formar desempregados. "Os que não querem arrumar emprego não arrumam. "É preciso sair, se mexer, aprender", responde o diretor.

Na revista Wallpaper, Ronan Bourroullec também responde aos críticos. O francês acredita que "dentro de cinco anos, a Suíça poderá ter a melhor geração de designers de todos os tempos".

"Não é impossível, afirma Meret Ernst. Mas é preciso ser prudente porque isso vai depender das próprias pessoas e da moda, essencial no design".

swissinfo, Pierre-François Besson
tradução: Claudinê Gonçalves

Fatos

A Ecal terá 310 alunos no próximo ano letivo.
10% dos estudantes são da Suíça alemã.
Orçamento anual: 10 milhões de francos.

Aqui termina o infobox

Breves

- Juntamente com a Academia de "design" de Eindhoven (Holanda), a Ecal vai abrir academia de "design" na Coréia do Sul, em 2007.

- As principais concorrentes da Ecal são a Design Academy (Eindhoven), University of Art and Design (Helsinki), Cranbrook Academy of Art (Detroit), Ateliers de Paris e Royal College of Art (Londres).

Aqui termina o infobox


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.









swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×