Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Espanhóis são festejados como "reis da Europa"

A Euro dos conquistadores espanhóis.

(swissinfo.ch)

A mídia espanhola comemora o sucesso da seleção. A imprensa alemã reconhece que a Alemanha não teve meios para vencer a equipe de Luis Arogonés.

A vitória espanhola na Eurocopa 2008 é vista como triunfo do bom futebol e uma esperança para o futuro desse esporte.

Espanha



Marca.com: "Somos os reis da Europa. A Espanha reina no futebol europeu, 44 anos depois, ao derrotar a Alemanha com um golaço de Torres. O futebol de toque da roja (vermelha) foi muito superior e só a falta de pontaria impediu fechar o placar antes do final."

Elpais.es: "A glória para o melhor. A Espanha conquista sua segunda Eurocopa de futebol com grandeza e despertando a admiração em uma final em que foi claramente superior à Alemanha. A seleção coroa-se no auge com uma brilhante geração de jogadores jovens."

Elmundo.es: "Espanha conquista Europa. O conjunto de Luis Aragonés, no último jogo do técnico, se impôs à de Joachim Löw para conseguir o segundo título europeu na história da Espanha. O gol de Fernando Torres na primeira etapa foi suficiente para vencer a equipe alemã, notavelmente inferior."

Alemanha

Zeit.de: "A seleção alemã tentou o possível, lutou, quis ganhar e perdeu claramente. Os espanhóis mostraram mais segurança na bola, foram mais rápidos, melhores."

Spiegel.de: "Triunfo dos artistas mágicos. Foi uma final dramática – e uma vitória merecida: a Espanha é campeã européia. Com um único gol e muitas chances, a equipe dominou os alemães e conquistou o primeiro grande título depois de 44 anos."

Stern.de: "Espanha no auge. A seleção alemã perdeu merecidamente e após um desempenho decepcionante para um adversário que controlou a final da Euro durante os 90 minutos."

Bild.de: "O sonho acabou – apesar disso, estamos orgulhosos ... mas os espanhóis simplesmente foram melhores. Parabéns, Espanha! Vocês ganharam merecidamente. Vocês foram os melhores. Com o melhor ataque (12 gols) e a melhor defesa (só tomou três) de todas as equipes."

Sueddeutsche.de: "Os artistas não se deixam atropelar."

Suíça

NZZ.ch: "A Espanha é o campeão justo da Euro 2008 na Áustria e na Suíça. E a Espanha também foi a melhor equipe do torneio. Ela termina a Eurocopa sem derrota."

Tagesanzeiger.ch: "Espanha 1 a 0 – triunfo dos estetas. A Eurocopa terminou. E ela tem seu vencedor certo."

LaLiberté.ch: "Uma Eurocopa tão bela não poderia ter um vencedor melhor: Viva Espanha! Ontem em Viena foi coroada uma equipe que brilhou durante todo o torneio, propondo um futebol girassol, ofensivo e inteligente."

Áustria

Derstandard.at: "A Espanha não só é a campeã européia altamente merecida, como também a campeã lógica."

Kurier.at: "Espanha – a vitória do bom futebol. O técnico Aragonés prevê um grande futuro à seleção espanhola e espera que outros times se orientem pelo estilo de jogo da equipe."

Inglaterra



Thesun.co.uk: "Ninguém pode dizer que a Espanha não mereceu o troféu. Eles foram 'a equipe' – seu futebol-fiesta os torna merecidos vencedores de um torneio fantástico."

Portugal



Maisfutebol.iol.pt: "Uma lufada de ar fresco. Quatro anos depois da consagração de uma Grécia sombria e avarenta, a vitória da Espanha no encerramento de uma excelente Euro 2008 é uma boa notícia para os apreciadores do bom futebol."

swissinfo, Geraldo Hoffmann

Opinião

A Eurocopa custou a deslanchar. Durante os preparativos, as seleções da Áustria e da Suíça jogaram tão mal que desanimaram os torcedores nos dois países.

O torneio começou com chuva e as duas equipes anfitriãs foram eliminadas na primeira fase, o que não necessariamente contribuiu para melhorar o astral.

Por sorte, os holandeses vieram em massa – mais de 150 mil. Trouxeram um futebol empolgante, uma cor quente e uma torcida alegre, contagiante. Diante da maré laranja, até o tempo ruim foi embora. Pena que daí também a Holanda foi despedida do torneio.

No final, sobraram os espanhóis e os alemães, duas grandes nações do futebol. E dois povos que também sabem festejar. Neste domingo, suíços e austríacos torceram, festejaram ou se entristeceram junto com os finalistas. Uns mais, outros menos. Disseram adeus à Eurocopa com muito sol e muita festa.

A Áustria e a Suíça estão de parabéns pela organização do torneio. A Espanha está de parabéns. Celebrou o futebol bonito, ofensivo, e foi recompensada com o título. A melhor torcida que veio à Eurocopa foi a holandesa. A que mais fez festa em casa, até a final, foi a alemã. Também ela está de parabéns. Porque sem torcida não há futebol.

Geraldo Hoffmann

Aqui termina o infobox

×