Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Esquiadoras passam perto da proeza

Corinne Rey-Bellet ficou em 5° lugar

(Keystone Archive)

Nos atuais jogos olímpicos, duas esquiadoras suíças realizam bom desempenho em descida, mas não chegam ao cobiçado pódio, conquistado por Montillet, Kostner e Götschl.

Por apenas 15 centésimos, a melhora esquiadora suíça do momento, Corinne Rey-Bellet, não conseguiu a medalha de bronze, em Salt Lake City. É nada, mas conta para subir ao pódio, receber aplausos e reconhecimento.

Corinne, quinta colocada na descida feminina, mostrava-se no entanto muito satisfeita. Teve recentemente problema de hérnia e, nos treinos, o desempenho fora pior.

Esperança

Evidentemente fica a frustração de chegar tão perto e não conseguir... Resta agora esperar que o resultado seja melhor em duas outras disciplinas do esqui, eslálom gigante e Super G, em que a senhorita Rey-Bellet é candidata ao título ou pelo menos a um degrau do pódio.

Sua colega, Sylvianne Berthod - 7a. na descida - pode também surpreender as favoritas.

Por falar nisso, a vitória da francesa Carole Montillet em descida olímpica, na terça-feira, foi de fato uma surpresa. Havia muitas outras pretendentes ao título, inclusive a italiana Kostner, medalha de prata, e a austríaca Renate Götschl, medalha de bronze.

swissinfo


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×