Federer e Wawrinka vão à final de duplas em Pequim

Federer e Wawrinka comemoram a classificação para a final. Keystone

Roger Federer aproveitou sua última chance para lutar pelo ouro na Olimpíada 2008. Junto com seu conterrâneo Stanislas Wawrinka, derrotou os favoritos irmãos Bob e Mike Bryan (EUA) e disputa a final de duplas em Pequim.

Este conteúdo foi publicado em 15. agosto 2008 - 21:47

A dupla suíça obteve uma vitória sensacional na semifinal sobre os gêmeos norte-americanos por 2 sets a 0, com parciais de 7/6(6) e 6/4. Federer voltou a jogar com precisão, após ter sido eliminado no simples por James Blake (EUA).

Na final deste sábado, Federer e Wawrinka enfrentam os suecos Simon Aspelin e Thomas Johansson, que venceram uma semifinal de 4h46m, nesta sexta-feira, contra os franceses Arnaud Clément e Michael Llodra, por parciais de 7/6(6), 4/6 e incríveis 19/17.

Pelo menos a medalha de prata olímpica já está garantida para a coleção de Roger Federer, que na próxima segunda-feira entrega o trono de número um do tênis mundial para o espanhol Rafael Nadal.

Vitória soberana nas quartas

Antes da semifinal, também nesta sexta-feira, Federer e Wawrinka haviam derrotarado a dupla indiana Mahesh Bhupathi/Leander Paes por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6:4.

O resultado mantém a esperança suíça de conquistar uma medalha de ouro no tênis, depois que Roger Federer foi eliminado nas quartas-de-final do torneio de simples.

A partida entre as duplas da Suíça e da Índia havia sido interrompida ontem, no primeiro set, quando o marcador apontava uma vantagem de 4 a 1 para Federer e Wawrinka.

Quando foi retomada, às 16h desta sexta-feira (horário chinês), os suíços continuaram a partir do ponto em que tinham parado no dia anterior e venceram o jogo tranqüilamente.

Perdedor com classe

Antes da continuação da partida de duplas, Federer comentou sua derrota no simples para o norte-americano James Blake, na quinta-feira.

"É um grande desapontamento, obviamente", disse o porta-bandeira da Suíça na abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim.

"A Olimpíada era um dos objetivos da temporada para mim. Obviamente, perder nas quartas não me satisfaz", disse.

"Acho que James jogou bem. Só posso dizer realmente como ele jogou bem. Joguei contra ele em várias ocasiões, mas acho que esta foi a melhor partida que ele fez contra mim."

swissinfo

Roger Federer

Roger Federer nasceu aos 8 de agosto de 1981, em Binningen, no cantão de Basiléia-Campo, e cresceu na vizinha localidade de Münchenstein. É filho de Robbie, um suíço-alemão, e de Lynette, uma sul-africana. Sua irmã Diana, 20 meses mais velha que ele, é enfermeira.

Desde 2000, Federer mantém namoro com Miroslava - "Mirka" - Vavrinec, que conheceu nos Jogos Olímpicos de Sydney. Mirka é também sua atual empresária.

O tenista basileense venceu 12 grandes torneios (Grand Slams), dois a menos que Pete Sampras, que detém um recorde de 14 títulos. Federer já acumulou uma fortuna avaliada em 40 milhões de dólares.

End of insertion

Stanislas Wawrinka

Data de nascimento: 28/03/85
Nasceu e mora em Lausanne,Suiça
Altura: 1,82 m
Peso: 79 kg
Profissionalizou-se em 2002

Ranking Entradas: 10
Melhor Ranking: 9 (09/06/08)
Ranking da Corrida: 9
Ranking Duplas: 168
Melhor Ranking Duplas: 90 (06/11/06)

Número de Títulos: 1
Recorde na Carreira: 104 vitórias, 90 derrotas
Recorde na Temporada: 32 vitórias, 15 derrotas
Finais: Master Series de Roma (ITA)
Total em Prêmios: US$ 2,237,642

Títulos (1): - 2006--Umag

Finais (4): -2005 (Gstaad); 2007 (Stuttgart, Vienna); 2008 (Doha), ATP Masters Series Roma

Fonte: tenisnews.com.br

End of insertion

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo