Navigation

Muito mais que um diplomata

Capa de "Viagem à América do Sul", Leipzig, 1868. swissinfo.ch

O barão Johann Jakob von Tschudi trabalhou alguns anos para o governo de seu país mas essa foi apenas uma atividade temporária.

Este conteúdo foi publicado em 17. dezembro 2004 - 16:02

Estudou Medicina e Ciências Naturais mas também foi antropólogo, naturalista, filósofo e grande viajante. Enfim, foi um autêntico intelectual de seu tempo.

Descendente de tradicional e ilustre família suíça, Johann Jakob (Jean-Jacques) von Tschudi (nascido em Glarus, 1818), após ter curso Ciências Sociais e Medicina, tomou um barco na França, para dar a volta ao mundo numa viagem de estudos. Por circunstâncias fortuitas, deteve-se no Peru por cinco anos, tempo que aproveitou para estudar e escreveu: Investigação sobre a fauna do Peru; Sistema de língua Quichua e Antigüidades peruanas.

Enviado do governo suíço

Esses traços biográficos foram traçados por Levy Rocha em Viajantes estrangeiros no Espírito Santo (1971), citado pelo jornalista Ronald Mansur.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?