Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

A cervelas Homenagem à salsicha da nação

Ela é muito popular. A cervelas, salsicha nacional da Suíça. Um livro publicado no dia da Festa Nacional homenageia essa especialidade popular que atingiu o estatuto de prato culto que reconcilia jovens e velhos, suíços alemães, suíços francesas e suíços italianos.


A Suíça tem centenas de variedades de salsicha, mas nenhuma tem a notoriedade da cervelas. Praticamente todos os suíços têm lembranças de infância com essa salsicha, geralmente assada num fogo de madeira. Mas cuidado, tem o jeito certo de fazer: fazendo uma incisão em forma de estrela nas duas pontas da salsicha, antes de assar, espetada num galho verde antes de colocar na chama. Ela faz barulho no fogo, a pele fica marrom escuro; ela fica pronta quando as extremidades começam a se abrir como pétalas de uma flor. É uma experiência quase sensual.

Na Exposição Universal de 1900, a cervelas foi servida como especialidade suíça, o que praticamente estabeleceu seu estatuto de salsicha nacional. Hoje ainda, ela resta a salsicha mais vendida no país: 160 milhões, quer dizer, 20 peças por habitante, por ano. Isso quer dizer que a cervelas é mais do que uma pequena salsicha. Em 176 páginas, os autores do livro estão aí para lembrar.

(Imagens: ROTH SCHMID/AS Verlag, Texto: Gaby Ochsenbein/swissinfo.ch)