Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Nova droga invade a Europa

A droga contém meta-anfetamina e vicia rapidamente, segundo especialistas

(Keystone)

A polícia suíça anunciou terça-feira (14.8) a maior apreensão de pílulas "taí" até agora na Europa. 102 pessoas foram presas e 450 mil pílulas foram apreendidas. Chineses, tailandeses e vietnaminas estão envolvidos na fabricação e distribuição dessa nova droga, segundo a polícia suíça.

As pílulas "taí", de tailandesa, contém uma anfetamina poderosa e estão sendo consumidas nas festas dos jovens. São mais fortes e têm efeito mais prolongado que o ecstasy. Similares ao "crack", segundo especialistas e são também mais baratas que o ecstasy. Teriam o triplo do poder de viciar o consumidor.

Circuito internacional

Parte do tráfico para toda a Europa era feito a partir da Suíça, anunciou a Polícia Federal, após meses de trabalho. A droga entrava essencialmente pelo aeroporto de Zurique, dissimulada em roupas, peixe seco, condimentos e cosméticos importados da Ásia.

102 pessoas foram presas na Suíça e 450 mil pílulas confiscadas. As investigações começaram em 1998, com a participação das polícias de 16 estados suíços e da polícia tailandesa.

Segundo a polícia suíça, a matéria-prima, uma meta-anfetamina, é fornecida por chineses, o transporte é organizado por tailandeses e o tráfico é controlado por vietnaminas.

As pílulas "taí" também são conhecidas por "yaba" que, em tailandês, significa a droga que enlouquece.

swissinfo com agências.


Links

×