Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

ONG suíça lança camisinha para jovens

Jovens muitas vezes não encontram camisinha no tamanho certo, diz ONG.

(imagepoint)

Acaba de ser lançado no mercado suíço um preservativo especial para jovens. A intenção é oferecer mais proteção contra a gravidez indesejada e evitar doenças sexualmente transmissíveis entre jovens.

Mais apertada dos que a convencional, a nova camisinha será distribuída também em escolas, o que gera polêmica. As reações da mídia e de especialista à novidade são mistas.

Uma sondagem feita junto a 1480 jovens e publicada em novembro de 2008 pela Comissão Federal Suíça para Questões da Infância e da Juventude revelou que os garotos de 12 a 14 anos não se protegem suficientemente ao manter relações sexuais.

Os autores do estudo concluíram que há um "comportamento de risco” nessa faixa etária. "Muitas vezes, os jovens não encontram camisinhas que lhes sirvam", disse a porta-voz da ONG Ajuda Suíça contra a Aids, Bettina Maeschli, à agência de notícias suíça SDA.

Por isso, a Ajuda Suíça contra a Aids acaba de lançar, em cooperação com a Fundação para Saúde Sexual e Reprodutiva "Planes" e a Associação Selo de Qualidade, uma camisinha chamada "Ceylor Hotshot".

O preservativo especial para jovens pode ser comprado no comércio e também na loja eletrônica da Ajuda Suíça contra Aids. Uma caixa com seis unidades para o "prazer sob medida", como diz a publicidade, custa 7,90 francos suíços. A camisinha será distribuída também por pedagogos em aulas de educação sexual.

"Trata-se de falar sobre o tamanho correto porque falta uma camisinha apertada no mercado. Os garotos devem saber qual é a adequada", disse Maeschli. Inicialmente serão fabricados 55 mil caixas, mas a fabricante Lamprecht AG se comprometeu a produzir mais se houver demanda.

Reações

"Ajuda contra a Aids lança camisinha para crianças", alfinetou o portal de notícias 20 Minuten, um dos mais lidos da Suíça. Segundo o portal, alguns políticos temem de que a camisinha para jovens, já confrontados precocemente com a sexualidade e a pornografia, os estimule a manter relações sexuais mais cedo.

"Também o fato de as camisinhas serem distribuídas em escolas dá o que pensar. Até especialistas que participaram do desenvolvimento do preservativo divergem sobre seu sentido", afirma o portal Tagesanzeiger.ch/Newsnetz.

"Isso não é um preservativo para jovens e sim um mais apertado para pênis pequeno. Falar de camisinha para jovens é um engano", diz um pedagogo sexual envolvido no projeto e citado pelo portal, mas que prefere ficar anônimo.

"Nossa motivação para esta camisinha foi claramente a juventude, mas obviamente também queremos atingir homens adultos. E ela não será distribuída nos pátios das escolas", explica Bettina Maeschli, porta-voz da Ajuda Suíça contra Aids.

"Não pode fazer mal"

"Eu questiono a camisinha para jovens, mas em si ela não é problemática", disse Esther Elisabeth Schütz, diretora do Instituto de Pedagogia Sexual de Zurique ao portal Tagesanzeiger.ch/Newsnetz. "Ela não pode fazer mal."

Schütz também não acredita que o preservativo estimule jovens com mais de 12 anos a manter relações sexuais mais cedo. "Nós esclarecemos crianças a partir dos dez anos. Mas nem por isso elas mantêm relações sexuais a partir desta idade."

Segundo ela, o importante é o que os jovens tenham escolha na hora de comprar preservativos e que antes especialistas tenham conversado com eles sobre sexualidade (leia mais no link acima: "A sexualidade dos jovens suíços").

Geraldo Hoffmann, swissinfo.ch (com agências)

"Prazer sob medida"

A camisinha "Hotshot" tem cerca de 5 milímetros de diâmetro a menos do que um preservativo convencional. Além disso, a abertura é mais apertada para evitar que escorregue.

O slogan da campanha da ONG Ajuda Suíça contra Aids é "Prazer sob medida".

Segundo pesquisas de opinião, muitos jovens consideram as camisinhas convencionais disponíveis no grandes demais.

Aqui termina o infobox

Camisinha sob medida

A loja eletrônica suíça Bumserli.ch oferece camisinhas sob medida.

No site da loja, o cliente pode baixar uma "escala de medição do pênis" e assim encomendar o preservativo adequado.

"Com isso, evita-se a incômoda procura pelo modelo correto", diz o website.

Aqui termina o infobox


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×